Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

COM TRÊS LETRINHAS APENAS...!!

 

Duas palavras tão pequenas...

tão simples que podem modificar toda uma

VIDA.

 

     

     

Somos diariamente confrontados com este dilema: sim ou não? Pensamos, matutamos seriamente na resposta mil e uma vezes indecisos entre dois dilemas, que são tantas vezes proferidas imaturamente, com frieza, com hesitação, levando-nos muitas vezes a tomar decisões que irão fazer de nós vencedores ou vencidos.

Quantas vezes arriscamos a dizer uma destas palavras sem lhe darmos o valor que elas têm, provocando o sofrimento em nós próprios e nos outros.
Decisão tomada, palavra escolhida “Sim” ou “Não” e aí temos toda uma vida modificada para melhor ou pior conforme a reflexão que fizermos antes da decisão.

Inquirimo-nos inúmeras vezes ao dia sobre pequenas coisas, sobre resoluções drásticas, sobre problemas que nos assolam e sobre tudo o que queremos viver. E, dessa resolução, traçaremos o caminho da nossa vida, determinaremos os nossos quereres, as nossas resoluções, o nosso futuro, a nossa felicidade ou infelicidade.

Se reflectirmos um pouco, sobre a nossa vida, vemos que ela é feita de sins e nãos que fomos proferindo e delineando assim, aquilo que seria o nosso viver.


Raramente meditamos sobre o sim ou o não e deles dependem todas as decisões da nossa vida, o construir dela própria, o edificar do nosso futuro. Momentos há em que proferir uma dessas palavras nos provoca angústia, incerteza, preocupação, outros há em que, sem hesitar optamos alegremente e com confiança, optimismo, com a certeza que a decisão é acertada e a melhor para nós. Mas, quantas outras vezes, se pudéssemos voltar atrás e apagar esse sim ou esse não que tanta infelicidade nos causou o que faríamos para, no nosso entender, calcorrearmos caminhos diferentes, dar nova vida à nossa vida, dar novo ser ao nosso ser, dar um rumo diferente ao nosso destino.

Mas a vida é mesmo assim e, quando se diz sim a uma coisa, teremos de dizer não a muitas outras e desta forma vai a nossa existência sempre implicitamente ligada ao sim e ao não!...

 

Olha só um exemplo de como estas duas palavras tão pequeninas, interferem na nossa vida. Podendo modificar até o nosso estado de espírito. Quando terminares de ler, vais ficar triste, pois trata-se de um adeus, e uma despedida é sempre triste...

 

Não te amo mais.
Estarei mentindo se disser que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho a certeza que
Nada foi em vão.

Sinto dentro de mim que

não significas nada.

Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
já te esqueci!
E jamais usarei a frase..
SIM, EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade.
É tarde demais...

 

.... mas, e agora.... volta a ler de baixo para cima, e vais ver que o teu sorriso vai voltar a iluminar, é uma questão de sim ou não...não achas??

 

E tu... dizes mais vezes "SIM ou "NÃO" no teu dia a dia?..

 

Após decisão tomada, sim ou não, é fácil ou impensável para ti fazeres uma leitura ao contrário (de baixo para cima)?

 

 

Beijinhos

Iz@

sinto-me: sim e não
germinado por libel às 17:08
link do post | Semeia | ver sementes (8) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

GRAMATICALMENTE DESAFIADOR...!!

 

Era a terceira vez que aquele substantivo e aquele artigo se encontravam no elevador.

Um substantivo masculino, com aspecto plural e alguns anos bem vividos pelas preposições da vida. O artigo, era bem definido, feminino, singular. Ela era ainda novinha, mas com um maravilhoso predicado nominal. Era ingénua, silábica, um pouco átona, um pouco ao contrário dele, que era um sujeito oculto, com todos os vícios de linguagem, fanático por leituras e filmes ortográficos.

O substantivo até gostou daquela situação; os dois, sozinhos, naquele lugar sem ninguém a ver nem ouvir. E sem perder a oportunidade, começou a insinuar-se, a perguntar, conversar. O artigo feminino deixou as reticências de lado e permitiu-lhe esse pequeno índice.

De repente, o elevador pára, só com os dois lá dentro.

Óptimo, pensou o substantivo; mais um bom motivo para provocar alguns sinónimos. Pouco tempo depois, já estavam bem entre parênteses, quando o elevador recomeçou a movimentar-se. Só que em vez de descer, sobe e pára exactamente no andar do substantivo. Ele usou de toda a sua flexão verbal, e entrou com ela no seu aposento.
Ligou o fonema e ficaram alguns instantes em silêncio, ouvindo uma fonética clássica, suave e relaxante. Prepararam uma sintaxe dupla para ele e um hiato com gelo para ela.

Ficaram a conversar, sentados num vocativo, quando ele recomeçou a insinuar-se. Ela foi deixando, ele foi usando o seu forte adjunto adverbial, e rapidamente chegaram a um imperativo.

Todos os vocábulos diziam que iriam terminar num transitivo directo.

Começaram a aproximar-se, ela tremendo de vocabulário e ele sentindo o seu ditongo crescente. Abraçaram-se, numa pontuação tão minúscula, que nem um período simples, passaria entre os dois.

Estavam nessa ênclise quando ela confessou que ainda era vírgula.

Ele não perdeu o ritmo e sugeriu-lhe que ela lhe soletrasse no seu apóstrofo. É claro que ela se deixou levar por essas palavras, pois estava totalmente oxítona às vontades dele e foram para o comum de dois géneros.

Ela, totalmente voz passiva. Ele, completamente voz activa. Entre beijos, carícias, parónimos e substantivos, ele foi avançando cada vez mais.

Ficaram uns minutos nessa próclise e ele, com todo o seu predicativo do objecto, tomava a iniciativa. Estavam assim, na posição de primeira e segunda pessoas do singular.

Ela era um perfeito agente da passiva; ele todo paroxítono, sentindo o pronome do seu grande travessão forçando aquele hífen ainda singular.

Nisto a porta abriu-se repentinamente.

Era o verbo auxiliar do edifício. Ele tinha percebido tudo e entrou logo a dar conjunções e adjectivos aos dois, os quais se encolheram gramaticalmente, cheios de preposições, locuções e exclamativas.

Mas, ao ver aquele corpo jovem, numa acentuação tónica, ou melhor, subtónica, o verbo auxiliar logo diminuiu os seus advérbios e declarou a sua vontade de se tornar particípio na história. Os dois olharam-se; e viram que isso era preferível, a uma metáfora por todo o edifício.

Que loucura, meu Deus!

Aquilo não era nem comparativo. Era um superlativo absoluto. Foi-se aproximando dos dois, com aquela coisa maiúscula, com aquele predicativo do sujeito apontado aos seus objectos. Foi-se chegando cada vez mais perto, comparando o ditongo do substantivo ao seu tritongo e propondo claramente uma mesóclise-a-trois.

Só que, as condições eram estas:

Enquanto abusava de um ditongo nasal, penetraria no gerúndio do substantivo e culminaria com um complemento verbal no artigo feminino.
O substantivo, vendo que poderia transformar-se num artigo indefinido depois dessa situação e pensando no seu infinitivo, resolveu colocar um ponto final na história. Agarrou o verbo auxiliar pelo seu conectivo, atirou-o pela janela e voltou ao seu trema, cada vez mais fiel à língua portuguesa, com o artigo feminino colocado em conjunção coordenativa conclusiva.

 

 


"Redacção feita por uma aluna de Letras, que obteve a vitória num concurso interno promovido pelo professor da cadeira de Gramática Portuguesa"

 

Gramaticalmente falando, isto foi cá uma conjunção de verbos de concordância verbal e nomimal que nem o acordo ortográfico teve direito a uma análise sintática  e analítica...Grande festarola....ehehehhheheh....

 

E que tal comentares usando a gramática no seu melhor....??

É um desafio... Aceitas??

 

Beijinhos

Iz@

 

 

sinto-me: com reticências...
germinado por libel às 11:59
link do post | Semeia | ver sementes (13) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

PAIIII...MÃEEEE...EU TAMBÉM QUERO IR.....

 
 

 

Está aí o VIII Hospital da Bonecada para tratar das maleitas dos bonecos e sensibilizar os seus “pais”, crianças entre os 4 e os 7 anos, para a importância da saúde.
 
Este ano, numa tenda gigante montada no Dolce Vita Tejo em Lisboa, no período de 30 de Outubro a 13 de Novembro, as crianças levam os seus bonecos ao médico e aprendem alguns procedimentos clínicos, bem como a prevenção de comportamentos de risco e a importância de um estilo de vida saudável.
 
Estabelecem assim um contacto com o ambiente hospitalar, familiarizando-se com um conjunto de instrumentos médicos e com os profissionais de saúde, frequentemente associados ao medo e à dor. Participando nesta brincadeira e aproveitando um período de não doença, as crianças acabam por transferir os seus medos para os bonecos, associando assim, o tratamento do boneco à forma de como serão tratados no futuro.
 
Os “doentes” saem sempre com uma receita muito especial: Xarope com sabor a morango e muito outros miminhos.
 
Doutores, enfermeiros, dentistas, nutricionistas e outros profissionais de saúde preparam-se para cuidar muito à séria das mazelas dos bonecos. E mais, este ano este projecto será apadrinhado pela Operação Nariz Vermelho.
 
É um faz de conta que faz as delícias de qualquer criança. Elas “vestem-se” de pais e levam os seus “filhos”- os bonecos- ao médico, cumprindo assim a rotina hospital.
Além de passarem pela triagem, onde têm de descrever os sintomas do doente, ajudam os médicos na observação. Vestidos a rigor, com as pequenas batas, luvas, toucas e máscara percebem a importância da esterilização e mentalizam-se que todos  estes elementos não são “maus”. Em seguida são direccionados para os serviços ou tratamentos que foram prescritos, fazendo as suas delícias a sala de RX, onde nos computadores observam as mazelas dos seus bonequinhos. No meio desta lufa lufa entram os animadores para os entreter com jogos e desenhos aos quais eles correspondem de forma hilariante.  Este envolvimento no projecto permite desmistificar os medos ou receios da bata branca e criar uma aproximação à realidade hospitalar.
 
Senhor Doutor o meu boneco tem dói-doi, acho que partiu um braço, ou está com varicela (e o boneco cheio de pintinhas vermelhas) ou comeu muitos doces e dói-lhe a barriga, ou são os ouvidinhos e tem febre…..ehehehhe….São várias as queixas destas criaturas maravilhosas….. mas, para  mais informações podem clicar Aqui e retirar todas as informações necessárias relativamente a inscrições e outras de interesse geral.
 
Agora vou indo, mas antes, fica aqui um vídeo que tenho a certeza os vai deixar com um sorriso nos lábios. Ora vejam…..
 

 

 

 E então....consegui "convencer" alguém???.....BORA LÁ...
Não percam esta oportunidade.....As vossas crianças vão adorar!!
 
E...se.....
 
Os teus filhos já forem crescidos, ou se não os tiveres, acredito que no meio dos teus conhecimentos, nomeadamente família, amigos e conhecidos o tema vai interessar...então que tal começares por aí!!....
Deixa a tua opinião, se já conheces esta iniciativa , se apenas ouviste falar, o que pensas e o que gostarias de acrescentar sobre este projecto.
Participar ajuda a crescer.
 
Beijinhos
Iz@

 

sinto-me: com doi-doi
germinado por libel às 15:12
link do post | Semeia | ver sementes (14) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

AMIZADE..!!

 

 

 

Uma pessoa para ser minha amiga tem mesmo que ser tolerante. Não me dou com pessoas rígidas que acham que estão sempre 100% certas. Não pode ser racista, também.

E tu...?

-Qual é a principal qualidade que uma pessoa tem MESMO que ter para ser tua amiga?

-E o principal defeito que não pode MESMO ter para ser teu/tua amigo/a?

 

 

 

 

 BEIJINHOS

Iz@

 

sinto-me: cheia de trabalho
tags:
germinado por libel às 09:56
link do post | Semeia | ver sementes (16) | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

QUE BELA TRUTA!!...ehehhheh...

 

Queria pregar uma partida à Peixinho, mas ela segurou as pontas e deixou-me a falar sózinha..., perdi o desafio ...mas em termos de pescaria safei-me bem!!!

 

 

Peixinho que tal dares uma ajudinha??...Pois, tá bem !!....Uffa.....ehheheheheh....

 

Beijokas

Iz@

sinto-me: bem disposta
germinado por libel às 14:43
link do post | Semeia | ver sementes (6) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

CLICK...MOMENTO KODAK!!...

OH...não a saga voltou!!...o raio das palmas, eu pedi SORRISOS.....PÁ!!

 Obrigado   Muito obrigadoAgradeçida..

Já agradeci,podem parar..P.f 

 

  CHEGA DE PALMAS!!

PRODUÇÃO BAIXE O CARTAZ P.F.!!

 

 

 

 

Obrigado!!!..(sorrisos amarelos)..Uffaaaa..OLÁ BOM DIA a todos,que recepção maravilhosa, que entusiasmo, é um previlégio estar aqui. Receber toda esta manifestação de palmas (lol) peço desculpa...de carinho, força,  ânimo, fico muito sensível. Estas demonstrações deixam-me sem palavras (glup..) raios, onde pus a cábula? Isto dos discursos não é bem aquilo que mais gosto de fazer, fico  tensa, sem jeito, dá-me brancas e varre-se tudo (puff..)  Nãooooo...produção, não é para varrer, era só uma maneira de falar!!..tirem lá estes assistentes musculados daqui. Afrontamentos agora não. Estou frita com isto!!

 

Já estou nervosa, já vejo coisas onde não existem, ou melhor existem mas não posso tocar, quer dizer posso tocar, mas não devo...(bahhhh). BLOQUEEIIIII. Bolas!!

 

 

 Ohhhh..nãoooo!!.Vou despachar isto.A sério....N`um guento!!

 

Muito rápidamente, para não ter um ataque sonoro, vou apenas dizer algumas palavrinhas, em prol dos tão especiais miminhos, que frequentemente me são dirigidos e os  quais eu agradeço do fundo do coração. Acredito que o mundo não gira à nossa volta, mas acredito igualmente que tudo o que semeamos, mais tarde colhemos. Desde que iniciei este blog, tenho sido alvo de várias e constantes demonstrações de afecto e carinho. Tenho recebido tanto, mas tanto, que chego a ficar incomodada com o facto de por vezes não me ser possível corresponder à altura. Mas felizmente que o conceito aqui baseia-se na entrega sem cobrança, na disposição sem segundas intenções e no alento sem reservas. Os laços que se criam por aqui, são livres de apertos ou nós. São simplesmente laços fortificados pela amizade , a qual nos proporciona uma deliciosa companhia.

 

Acompanhado de baixo som , numa sinfonia de Betthoven e acordes de "Doces Refúgios" ..chega-nos o miminho tão fofo e ternurento da "TigerKate" ...que com a sua "Doce Amizade" consegue dar força, motivação e alento aos mais sensíveis, com a sua energia positiva, o seu sorriso constante e a sua boa disposição alegra os mais sisudos e com a sua sensibilidade, cumplicidade e analogias fermenta o seu cantinho proporcionando-nos momentos únicos.

....Pleaseeeeeeeeeeeeeeee......

 

Ei-lo ...completamente inédito, cheio de doçura, revestido a algodão, debroado com suaves rendinhas e embalado pelos sons da amizade....

É Vosso, todinho, inteirinho....e sem receios, ...gostaria muito de o ver nos vossos cantinhos em nome da nossa "Doce Amizade".

 

 

Ahhhhhhhh......mas antes, este mimo não tem regras, mas obedece a uma  perguntinha "Chave"....à qual todos os que por aqui passam sabem concerteza responder

O QUE É QUE SE BEBE AQUI??

a resposta é qualquer coisa acabado em "elha"

 

aiiiiiiii..tragam-me os comprimidos rápido!!!...

Beijokas pessoal fixe!!...

Iz@

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: humorizada
germinado por libel às 22:33
link do post | Semeia | ver sementes (9) | favorito
|
Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

SOMOS CAPAZES DE UM AMOR ASSIM??..

Hoje em dia a lei não permite que duas pessoas se casem sem hipótese de desfazerem o casamento. Não é possível, perante a lei, casar para sempre.

É capaz de ser complexo explicar como se chegou a este estado. Mas é bem mais fácil comprovar os efeitos que o divórcio tem tido na nossa sociedade. Nas nossas crianças, nos que cresceram desequilibrados, nas confusões mentais, na perda da segurança. Não é sem enorme prejuízo que se anula a família, a qual, por sua natureza, se fundamenta num laço inquebrável, a única coisa que permite a estabilidade indispensável à constituição de um lar e ao crescimento de novos seres. 

Vamos supor que a lei nos autorizava a fazer duas coisas quando estivéssemos para casar. Uma delas seria o contrato que agora existe e pode ser anulado com maior ou menos facilidade. A outra, um pacto inquebrável, que impedisse os que se casam de virem a casar mais tarde com outra pessoa qualquer, a não ser por morte do seu cônjuge.

Vamos, ainda, supor que dois jovens se amavam. Ele pedia-a em casamento e ela, naturalmente, perguntava qual das duas espécies de casamento lhe propunha ele.

Poderia ser uma situação embaraçosa, não acham?

Que responderias tu à tua bem-amada, se fosses o jovem da minha suposição? Serias capaz de lhe propor o casamento descartável? Isso não seria uma manifestação de que o teu amor não era bem... amor?

Que resposta esperarias, se fosses a jovem em questão? Não terias estado a sonhar com um amor para toda a vida? com um vestido de noiva cheio de sentido?

Sucede que o amor do casamento é de tal forma que não admite meias-tintas: se existe é para sempre. Se aquilo que se entrega não é tudo, esse amor não tem a qualidade necessária para se tornar no fundamento de uma família. Não pode ser alicerce nem raiz. Não será fecundo. Dará frutos apodrecidos, como, infelizmente, temos verificado tantas vezes.

O amor não admite o cálculo. Não faz contas. O amor é louco.

"É uma loucura amar, a não ser que se ame com loucura", dizia o velho adágio latino. Mas hoje cometemos a loucura, e a tolice, de amar sem loucura... Fazemos as nossas contas e os nossos cálculos. Avançamos as peças do nosso xadrez, mas com o cuidado de prevermos uma escapatória, para o caso de ser preciso bater em retirada.

Medo de que o casamento não corra bem?... O amor e o medo não podem andar juntos. Quem tem medo não entende nada de amor. Amar é, precisamente, não ter medo. É acreditar que se possui uma força imensa. Quem ama sabe que é também possuído e protegido pelo amor. E que, por isso, caminha noutra altura; voa por cima dos gelos, dos salpicos das ondas, das pedras aguçadas. Vai por cima de um mundo muito pequeno, nas asas um fogo, em mãos de fadas. Possui outra dimensão. Parece-lhe que quem não ama é um morto-vivo...

-Somos capazes de um amor assim?

-Somos capazes de jogar a vida inteira no consentimento matrimonial?

-Somos capazes de incluir todo o nosso ser numa palavra que dizemos? E de tornar de aço essa palavra pelo tempo fora, através de todas as dificuldades?

SIM, NÃO, TALVEZ...porém.....

 

Beijinhos

Iz@

sinto-me: casamenteira
germinado por libel às 13:22
link do post | Semeia | ver sementes (39) | favorito
|
Domingo, 6 de Setembro de 2009

MIMINHOS à Borlix, mesmo grátis, daqueles...mesmo....ihiihih

Estou muito bem disposta, não sei bem porquê, talvez porque um desconhecido me ofereceu uma flor e eu aceitei jantar com ele...ahhaahhahha....., também podia ter acontecido com voçês, mas ninguém escolheu esta alínea, paciência!!....ela estava lá...eu juro...acho que era a "Q" e dizia: Esta alínea de momento encontra-se em actualização!!...ehheehe...Tive sorte, passei mais tarde e  ......o  resto já sabem!!...

 

Bem, mas continuando, o jantar correu muito bem, um menu de excelência, e a companhia conseguiu descobrir o meu 17º sorriso, aquele que só faço em certas situações...agora não posso adiantar mais, desculpem qualquer coisinha!!..

 

Posto isto, e porque me sinto uma mãos largas,  uma esbanjadora, uma dadora compulsiva, uma Mamãe Noel, uma engraxadora, uma Madre Teresa de Calcutá, uma gaija cheia de sorte,  ou simplesmente porque tenho aqui amigas(os) que me deixam assim...com a sensibilidade á flor da pele, a quem agradeço desde já, destacando a minha querida Peixinho que nunca se esquece da Libelinha na hora de atribuir miminhos tão especiais e motivadores, que me enchem de orgulho, pelo carinho, dedicação, partilha e simpatia que reina naquele coração e naquele espaço, sempre tão ..... iluminado!!.

Eis os últimos..... vou tentar seguir as regras...(é uma estreia)...se algo não funcionar peço desculpa!!...O livro de reclamações, CADÊ!!...Nunca está quando é preciso...ups!!!!

 

            

 

"Blogueiras amigas", podes crer, acredito piamente!!  e    "Este blog faz-me voar", não podia estar mais de acordo, são voos diários, os quais dia pra dia me levam mais longe!!..Obrigado Peixinha linda!!...

 

Lovenox, meu querido amigo, sempre tão bem disposto, faz as minhas delícias com o seu cafézinho, agora com uma super esplanada tão bem recheada de simpatia, alegria, convivio, partilha e emoções ao rubro...ofereceu-me este miminho que ADOREI!!..Obrigado.

 

 

E as regras são:

 

- Exibir os miminhos....Ó pra eles....que lindos!!

- Mencionar quem ofereceu......é uma honra!!

- Oferecer a cinco blogueiras(os) merecedores do grandioso gesto!!...(esta parte é

muito compridaaaaaaaaaaaaaa......)..mas como tenho 3 miminhos, vou tentar distribuir da melhor forma, para não ser expulsa do estaminé!!...

 

E os 5 blogs para o miminho "Blogueiras amigas" são:

 

-Cigana

-Euzinha

-TigerKaty

-A Cris do Escritos e Rabiscos

-A Cris do Gotinhas de Luz

 

Para o miminho "Este blog faz-me voar" os 5 blogs são:

 

-Sara Maria

-Eraumavezeu

-Sonhandoaosquarenta

-Tudoanorte

-Lovenox

 

E o miminho "Este Blog é um sonho" é entregue a:

 

-RaiodeLuar

-Green.eyes

-MissAna

-Entremares

-Mautemponocanal

 

A distribuição foi elaborada sem qualquer preceito ou distinção, apenas de forma a chegar a todos, no entanto todos estes miminhos podem ser levados por qualquer um, pois aqui ninguém fica aquém de ninguém,  para mim são todos merecedores e dignos destes pequenos, mas tão prazerosos gestos!! ..

 

P.s. Fico a aguardar a apreciação da peixinho nesta matéria, pois ela é a craque, para me dizer se isto correu bem ou não!!...Combinado!!

 

P.s.s. A minha querida Daisy Daisy não foi mencionada aqui,  porque ela apanha todos estes miminhos por tabela da amiga Peixinho, ficando eu sem hpótese nenhuma de fazer um brilharete. Mas para ela não se sentir deserdada e  "excluída"...deixo aqui um miminho especial, para esta amiga tão delicada e carinhosa, que com tantos miminhos já me presentiou também, destaco o primeiro " Somos Mulheres bem Resolvidas" que me deixou sem palavras!! Como a poderia esquecer??..

Uma linda flor...

flor139.gifhummmm, melhor duas flor139.gifflor139.gif....pensando bem, acho que três foi a conta que Deus fez..flor139.gifflor139.gifflor139.gif.

 

Pôrra!!......estou mesmo bem disposta!!!

 

Beijokas a todos

Iz@

 

sinto-me: mãos largas
germinado por libel às 14:32
link do post | Semeia | ver sementes (25) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

GOSTAS DE FLORES??..E, SE.....

olpyou.jpg

 

Quem não gosta de umas alegres flores?
Dançando ao vento,
Com as suas lindas cores.
Quem não gosta de as ter numa jarra?
Quem não gosta de as ver nas montanhas?
Nos campos? Na paisagem?
Todas são belas,
Todas ficam bem com todas,
Mas todas são diferentes ao mesmo tempo,
Que são iguais!
Quem não gosta de as receber? De as dar?
Isso não sei...
Mas eu sei...
Que gosto...
.... E que sempre gostarei..!!

...E SE UM DESCONHECIDO TE OFERECESSE UMA FLOR?...flor139.gif

A TUA REACÇÃO SERIA???....

 

A) Ohhhhh...Deve estar enganado...Conheço-o??

B) Obrigado, foi muito gentil!!

C) Faço anos??..Que cabeça a minha!!..

D) Seu depravado, quem é que pensa que sou??..

E)Que linda flor, quanto lhe devo??

F) Para mim???...Tem a certeza??...A que se deve??

G)Sou alérgica a flores, dispenso!!

H) Encantada, como posso retribuir??..

I) Dia da Mulher??...Nop!!!..Dia da Flor??...Nop!!...Dia de Sorte?...YESSS!!!

J) Pode ficar com a flor, dou-lhe moedinha na mesma!!

K) Espero que durante o seu dia, a surpresa de uma bela flor o contemple também!!

L) Qual é a tua??..tenho cara de florista??

M) Desculpe, onde está o cartão??...de quem é a flor??

N) Cheira tão bem!! Posso lhe dar um abraço??

O) Não estou interessada!!..Passe bem.

P) Acho que vou passar aqui todos os dias a esta hora!!..

 

 

E agora diz lá.....conseguias viver sem os posts da Iz@..??

Claro que sim!!....Mas não era a mesma coisa ....pois não???....ehehhehehe...

 

Não sejas ABELHA!!

Bebe "B" Groselha!!

 

BOM FIM DE SEMANA PESSOAL FIXE!!

BEIJOKAS

 

 

 

sinto-me: fresh, cool, abelha
germinado por libel às 13:37
link do post | Semeia | ver sementes (13) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

REGRESSO AO TRABALHO...!!

 

ÍUUUUU….está alguém aí??...Se ainda continuo de férias??...Não sei bem, estarei a nadar em seco??...Mergulhei de chapa, o raio da água é dura que se farta, deve ser lá daquela zona do Nakiota, uma das tais zonas azuis onde as pessoas duram para cima dos 100 anos e têm uma estrutura óssea de fazer inveja aos meus glup…..45.
 
Fiquei estarrecida quando vi o avôzinho (107 anos)   a despir a camisa, aquele peitoral bronzeado e cheio de músculo, quais gorduras, quais peles flácidas, quais quê…..a força da catana nas ervas daninhas, mostraram bem como juntar o útil ao agradável. Os braços de ferro envergonham qualquer estranho. Da simples moagem do milho com uma pedra de 2 kilos, sempre ao mesmo ritmo, os atributos ficam à vista. ..Enfim, só para terminar, que ninguém me oiça, mas….gostava de ter conhecido o José (o tal avôzinho) aí com os seus 60 anos….Ó pá, lá estás tu…….só para conhecer as culturas os costumes, os meios, os segredos, é uma aldeia interessante, onde a longa vida (qual iogurte qual quê) é um fenómeno, desencadeado pelo uso e abuso da natureza,…apenas isso…..TRETAS!!... …O homem devia ser uma escultura, ou seja traduzindo, PODRE DE BOM!!…….!!!...Água por favor!!....Nãooooo, dessa não….
 
OK!!...Esta treta de começar a trabalhar numa 3ª feira, não está com nada, assim como começar numa 2ª ou numa 4ª feira, bem, ….desculpas. Na verdade,  começar a trabalhar a seguir a um longo período de férias (1 mês) é muito doloroso, o ritmo é outro, a disposição fica lá atrás, escondidinha. Aquele armário já se torna pequeno para ela!!...Quando saí, naquela euforia…FÉRIAS!!..Uauuuu….deixei a mesa arrumadinha, brilhava de contente, sorria de leveza…., agora cheguei e levei um susto, o primeiro pensamento foi: Fui despedida, …o segundo: Novas instalações??…e ainda o terceiro: CADÊ A MINHA MESA!!!..Sequer a vejo (tadinha) atafulhada de papeis, sem poder respirar, os bracinhos tentam a pouco e pouco acenar, mas sem resultado. …Olha ali um espacinho vazio, Oiapppppp…..sentei, consegui ligar o PC….e assim no meio da confusão, vou escrevinhando alguma coisa. Comecei às 9h00, são 15h20…nada mau!!...O caos está instalado, mas o ritmo é bom, sem stress, tipo dois em um, devagar se chega ao longe, o centenário da tal aldeia do Nakiota tem razão, o facto de te levantares e sentares 300 vezes, sem ajuda dos braços heimmm…..(dica) só te vai beneficiar….e quem sabe….quando chegares aos 60 o José ainda usa a catana …ehehheheh!!!.....
 
Foi bom cruzar-me com estes lugares azuis e com estas espécimes, o trabalho já não assusta e o exercício vai contribuir para chegar aos 100….TOPAS???..
 
Beijokas e Bom trabalho...
Iz@
sinto-me: dura e tesa como o José...
germinado por libel às 15:14
link do post | Semeia | ver sementes (16) | favorito
|

*O meu olhar é nítido como um girassol, sinto-me nascida a qualquer momento, talvez por ser distraída demais, mas é bom sentir que cada vez parece sempre a primeira. Aqui todos os dias vão ser assim: UMA AGRADÁVEL SURPRESA!!

*pesquisar

 

*Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

*Plantações recentes

* O caldinho abacadabra

* A vida no campo é...

* Sexto re(encontro) de blo...

* Ri-te pa, ficas mais boni...

* receita da alegria

* "Cumplicidades" lingerie ...

* #Dia da Mulher#lingerie r...

* Cúcú...BOM ANO por aqui

* É sexta-feira. Yeehhh!!!

* É giro quando...

* Que tal, para o nosso jan...

* Prometo perder...

* Sem título que é melhor.....

* Encontros perfeitos...

* Amizade é fazer o bem...

* Momento da verdade V

* Encontros, amigos e alhei...

* Quem adivinha?

* E... se não houver amanhã...

* FELIZ DIA DA MULHER!

*últimas colheitas

Faltam unhas de gato e caganitas de tarântulas. Pa...
Estás a ver? Isso é falta de caldinho. Prova um bo...
O que me assustou foi este tipo de letra tão minús...
Puxa, até fiquei com os olhos em bico quando vi es...
Mauzinho, eu?Amuei!

*Os amigos azuis!!

 

 Azul.. azul..azul..

Uma das mais belas cores do mundo.
Pode representar o céu, uma flor,

um fruto, o mar, um sorriso,

uma emoção, um sentimento...
Cheio de beleza e clareza!
Uma cor que nos faz sentir seguras,

a cor da imaginação.
Uma cor suave...

que nos tranquiliza ..

Azul..azul..azul...

É a cor da Amizade!!..

 

*Outras plantações

* Outubro 2017

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Janeiro 2017

* Julho 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Março 2016

* Fevereiro 2016

* Janeiro 2016

* Dezembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Abril 2015

* Janeiro 2015

* Junho 2014

* Maio 2014

* Abril 2014

* Março 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Dezembro 2012

* Outubro 2012

* Agosto 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

*links

*Obrigado Sindarin

*É aqui neste...

Cantinho virtual
que escrevo os meus pensamentos.
É onde gravo o que sinto
o que me inspira, vejo e sonho.
É onde todos vocês podem escrever
comunicar, informar, apresentar,

partilhar, sorrir e brincar. 
E tu também tens o teu cantinho?
Aquele onde as palavras se soltam

como notas de música...no ar.

Onde os sabores são néctares

e se misturam em páginas virtuais.
Eu tenho.
É aqui mesmo.
Entra e descobre tudo o que tem
num simples..."CLIC"..

 

*Voltem sempre!

Remédio santo...

 

Adrenalina ao rubro...

 

Equilibrio perfeito...

 

      = Família feliz

*Posts mais germinados

*tags

* todas as tags

*Obrigado Daisy e Tiger

*Eu participo


Amigos de longe que

gostava de conhecer

Lis-Brasil

A minha fotografia

Julieta-Brasil

Wânia-Brasil

A minha fotografia

Amigos que já conheço

Paulo-Lisboa

Manu-Óbidos

Mafalda-Lisboa

Lovenox-Coimbra