Terça-feira, 29 de Dezembro de 2015

Ano novo, Vida nova...

 

Estava eu a ver o filme " Ano Novo, Vida Nova ", por sinal pela terceira vez. Nãooooo, não foram seguidas, com intervalos de um ano precisamente. Mais descansados? - Sim??? Boa! Não quero influenciar ninguém, mas vale a pena ver. O filme retrata um conjunto de situações que nos são peculiares. São histórias que se movem de formas diferentes, mas de um jeito ou outro, se encaixam, se ligam. Este filme, celebra o amor, o perdão, a esperança, as segundas oportunidades e os recomeços. Tudo em apenas uma noite. Noite de Fim de Ano. Daí a reflexão. O pensamento. A palavra. A mensagem. 

 

DSCF7953.JPG

 

Foi magia, foi feitiço, sei lá o que aconteceu...

 

Nenhum fogo de artificio promete um futuro iluminado. Nenhum ponteiro marcando meia-noite transforma quereres em realidade. Mas uma bola, com milhões de luzinhas, pode sim...mudar tudo! - Esta sim, parou a meio. 

E a mensagem fez-se ouvir. Saiu, espontânea, do peito, da boca, dos pulmões, da pele, dos poros, do coração..., da alma. Toda eu a escutei, toda eu a refleti, toda eu a partilho, convosco, só porque SIM!!!  

 

"A bola parou a meio, parou para nos recordar ...

antes de abrirmos o champanhe e festejarmos o novo ano, que devemos fazer uma pausa e refletir acerca do ano que findou. Devemos recordar os triunfos e os erros. As promessas que fizemos e não cumprimos. As alturas em que nos lançámos  em grandes aventuras ou em que recuámos com medo de nos magoarmos.

O Ano Novo é isso mesmo: 

- Uma nova oportunidade, oportunidade de perdoar. De fazer melhor. De fazer mais. De dar mais. De amar mais. De acabar com as hesitações e de abraçar os desafios.

Por isso, quando a bola cair à meia noite, ...sejam simpáticos para os outros. Bondosos. Não apenas nessa noite, mas o ano todo."

 

 

FELIZ ANO NOVO

 é tempo de fazer acontecer!

 

 

 

 

 

 

 

 

germinado por libel às 16:36
link do post | Semeia | ver sementes (4) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2015

Sabores da vida...

 

 "O sabor da vida, depende de quem tempera"

 

agridoce1.jpg

 

 

 

Não me interessa falar do que não sei. Se sou amarga, é da vida. Se sou doce, é da vida. Se sou agridoce. É de mim. Tenho os dois lados, como toda a gente. Mas como eu não sou toda a gente, limito-me a acreditar que sou apenas uma mistura, e já conseguir que essa mistura se dê, se funda, se integre, se envolva, se solidifique. Que resulte. É uma grande proeza. 

Nem todos deixam que isso aconteça, a maioria escolhe o lado amargo, e faz da sua vida, uma bela mostarda corrosiva. Por outro lado, há os que teimam ser doces, e o resultado é uma enorme goma pastosa que se aloja na traqueia. E nem sempre o gesto é tudo. 

Não estou a dizer com isto que o ideal é a tal mistura, estou sim, a querer dizer, que é fundamental haver o equilíbrio necessário entre os dois géneros. Para que os sabores da vida façam sentido. E se ajustem ao nosso quotidiano, à nossa loucura, ao nosso destino, esteja ele marcado ou não. Que seja agridoce!

 

 

Um bem haja gente boa!

 

 

 

 

germinado por libel às 11:05
link do post | Semeia | ver sementes (11) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Dezembro de 2015

HÁ DIAS DE SORTE ...(a dobrar)

2014-10-14_09-19-12_1.jpg

 

...e digo isto, porque já me considero uma sortuda nesta vida, nas coisas mais importantes. O resto são a tal sorte a dobrar, uma raridade, mas que de mil em mil anos lá acontece. E um dia deu-se. Inédito!!!

Nah! Não estou a falar em ganhar o euromilhões, ou até achar dinheiro, porque nunca, mas nunca piso M**da. Tenho sempre muito cuidado.

 

Fui à loja do cidadão (aquele horror), para tratar da renovação da carta de condução. Agora com os tais "entas" não digo quais, vocês devem saber, temos que revalidar a dita cuja. Até porque a agilidade, a vista, os ouvidos, as reacções-distracções são indicadores de que é preciso reavaliar as nossas capacidades.

Ora muito bem!

Até concordo, pois há que ter a noção do perigo que podemos causar aos outros e a nós também, como é óbvio. Não só em termos de saúde, número um, como em termos materiais, number two.

O problema, é:

-O tempo que se perde nestes sítios (lojas cidadão)

-O dinheirinho que sai do bolso (renovação+ foto+gasóleo+dia de trabalho+almoço)

 

Bom, é melhor ficarmos por aqui. Não quero estragar este filme, que até teve um "The End" melhor que a encomenda.   

Pois bem, assim resumidamente. Chego lá, uma fila enorme. Tiro uma senha. 174, que azia. Olho para o relógio, uma volta no estômago. Olho para as paredes, brancas, eureka, ... vislumbro assim de relance, qualquer coisa escrita numa delas, dizia assim: "para renovação não precisa tirar senha". Olha que bom. Afinal não deve ser preciso. Vou perguntar. 

Esperei alguém levantar o rico traseiro da cadeira, e lá fui eu toda prontinha conferir se tinha percebido bem a mensagem do tal papel. Contudo, assim que me aproximo da mesa. A senhora olhou para mim e disse:

 - pode sentar-se.

Ora, modéstia à parte, sentadinha fiquei. 

Para não haver confusões, fui logo dizendo que..., mas ela interrompeu-me bruscamente com... - "trouxe os documentos todos?" e eu, - claro que sim, estão aqui.

Blá blá blá...praqui, blá blá blá pracolá. Tudo tratado. De repente, medo! - Surge a pergunta: Não me deu a senha pois não? Eu, assim meio sem saber se diria sim ou não, lá disse que não e entreguei-lha. A mulher ficou sem pio, abafou um grito e invocou a nossa senhora. Eu pensei, pronto, lá vou eu para a fila recambiada, isto estava a correr tão bem fonix. A mulher sussurrava: - " Ai minha senhora, então mas a sua senha é o nº tal, e ainda vamos no nº ....coiso e tal" 

Eu: - Pois minha senhora, lamento, mas eu apenas vinha pedir uma informação, quando a senhora me mandou sentar e começou a tratar de tudo. A partir daí, não tive opção. Acreditei que o procedimento estaria correto. (Imaginem moi, com aquela cara de santinha, que todos conhecem). Sim, porque eu sou boa pessoa certo.  

Ela: - Pronto, pronto, está bem, não diga mais nada. Shiuuuu, não pode dizer mesmo nada, a ninguém. Foi um lapso o que aqui se passou, vá-se lá embora, mas por favor não comente com ninguém. 

 

Ora, e eu lá sou de comentar estas coisas, nem pense nisso. Sou um túmulo. Fuuuuiiii. 

O certo é que me livrei de uma fila de cem pessoas, não é "cem" de zero, é 100 de 100 mesmo. Okay, eu sei que não foi correcto, mas que culpa tive eu?

A sério pah, eu juro, fui mesmo inocente nesta história. Não acreditam, pois não? - Eu sabia. 

Podem sossegar, deixar de me rogar pragas, porque...

- Já tive o meu castigo, depois disto estive um ano à espera da carta, e tive que lá voltar para fazer 2ª via. E posso garantir que a sorte nesse dia, foi passear até às ilhas Caimão, eu até a vi a dizer-me adeus. Ora toma e embrulha!!

 

Vocês são mesmo des( Úmanos ) pah....Bolas

 

cambada de imbejosos

 

Fuiiiiiiiiiii...

 

tags: , ,
germinado por libel às 12:35
link do post | Semeia | ver sementes (6) | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2015

A cor dos nossos dias...

 

Como é bom chegar aqui e ter uma página imensamente branca, prontinha para esborratar com tudo aquilo que nos vai na alma. 

Não. Esse dia ainda não chegou, ainda não é hoje que vou borrar a pintura toda. Apesar de cores não me faltarem.

Tenho o azul celeste a sair do bolso, a dizer que está pronto para colorir aquele céu negro que se adivinha  para este Inverno frio e carregado de nostalgia. 

Tenho o verde, sim - esse está sempre na bolsinha junto ao batom, são beijos senhor, com a cor da esperança. 

O lilás, não é a minha cor preferida, mas quando o tema é saudade, é apropriado, dá-lhe assim um certo requinte, principalmente quando a moldura é branca. 

O vermelho, é tão arrebatador, vivaço, mas tão impertinente. Poderia chamar-lhe a cor da paixão, mas ela mancha demasiado. São nódoas que nunca conseguimos arrancar do peito. Vamos apenas chamar-lhe VIDA. 

Amarelo, sim, a minha preferida. O sol é energia, é bem estar, é companheiro. Tudo se resume a ele, tudo se transforma com ele, tudo se descontrola também. Meu rei. 

 

Poderia falar em tantas outras cores, que tenho guardadas no meu ser. Mas, essas são cinzentas para a ocasião, ficam para depois, agora apenas quero uma, adivinhem qual?

 

...é a cor das meninas, clara, suave, doce, ternurenta. A cor que neste momento me traz aconchego e um puro e perfumado sentimento: Amor.

 

1610997_1050984638275115_7688169795205212301_n.jpg

 

Afinal, não são as cores que sustentam o nosso viver, mas sim o modo como as relacionamos para colorir nossos dias!

 

Beijinhos e Boa semana 

 

 

tags: , , ,
germinado por libel às 11:59
link do post | Semeia | ver sementes (12) | favorito
|

*O meu olhar é nítido como um girassol, sinto-me nascida a qualquer momento, talvez por ser distraída demais, mas é bom sentir que cada vez parece sempre a primeira. Aqui todos os dias vão ser assim: UMA AGRADÁVEL SURPRESA!!

*pesquisar

 

*Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

*Plantações recentes

* Ri-te pa, ficas mais boni...

* receita da alegria

* "Cumplicidades" lingerie ...

* #Dia da Mulher#lingerie r...

* Cúcú...BOM ANO por aqui

* É sexta-feira. Yeehhh!!!

* É giro quando...

* Que tal, para o nosso jan...

* Prometo perder...

* Sem título que é melhor.....

* Encontros perfeitos...

* Amizade é fazer o bem...

* Momento da verdade V

* Encontros, amigos e alhei...

* Quem adivinha?

* E... se não houver amanhã...

* FELIZ DIA DA MULHER!

* Um dia vou escrever um li...

* Se a vida te der limões.....

* In love...in love ...in l...

*últimas colheitas

Oh pah. não vi. Já não vou a esse mail faz tempoma...
Como se fosse possível estares assim "acabada" com...
Pronto, estás contratada!!! Eu preciso de ti quare...
Galhofa! O meu nome do meio é Galhofa :PJá tinha s...
Ahahahah...és muito douda. Por enquanto rir só faz...

*Os amigos azuis!!

 

 Azul.. azul..azul..

Uma das mais belas cores do mundo.
Pode representar o céu, uma flor,

um fruto, o mar, um sorriso,

uma emoção, um sentimento...
Cheio de beleza e clareza!
Uma cor que nos faz sentir seguras,

a cor da imaginação.
Uma cor suave...

que nos tranquiliza ..

Azul..azul..azul...

É a cor da Amizade!!..

 

*Outras plantações

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Janeiro 2017

* Julho 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Março 2016

* Fevereiro 2016

* Janeiro 2016

* Dezembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Abril 2015

* Janeiro 2015

* Junho 2014

* Maio 2014

* Abril 2014

* Março 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Dezembro 2012

* Outubro 2012

* Agosto 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

*links

*Obrigado Sindarin

*É aqui neste...

Cantinho virtual
que escrevo os meus pensamentos.
É onde gravo o que sinto
o que me inspira, vejo e sonho.
É onde todos vocês podem escrever
comunicar, informar, apresentar,

partilhar, sorrir e brincar. 
E tu também tens o teu cantinho?
Aquele onde as palavras se soltam

como notas de música...no ar.

Onde os sabores são néctares

e se misturam em páginas virtuais.
Eu tenho.
É aqui mesmo.
Entra e descobre tudo o que tem
num simples..."CLIC"..

 

*Voltem sempre!

Remédio santo...

 

Adrenalina ao rubro...

 

Equilibrio perfeito...

 

      = Família feliz

*Posts mais germinados

*tags

* todas as tags

*Obrigado Daisy e Tiger

*Eu participo


Amigos de longe que

gostava de conhecer

Lis-Brasil

A minha fotografia

Julieta-Brasil

Wânia-Brasil

A minha fotografia

Amigos que já conheço

Paulo-Lisboa

Manu-Óbidos

Mafalda-Lisboa

Lovenox-Coimbra