Quarta-feira, 2 de Junho de 2010

CHOCOLATE QUENTE..!!

 

 

 

 

 

 

Um grupo de jovens licenciados, todos bem sucedidos nas carreiras, decidiu fazer uma visita a um velho professor, agora reformado.


 

 

 

 

 

Durante a visita, a conversa dos jovens alongou-se em lamentos sobre o imenso stress que tinha tomado conta das suas vidas e do seu trabalho. O professor não fez qualquer comentário sobre isso e perguntou se gostariam de tomar uma chávena de chocolate quente. Todos se mostraram interessados e o professor dirigiu-se à cozinha, de onde regressou vários minutos depois com uma grande chaleira e uma grande quantidade de chávenas, todas diferentes, de fina porcelana e de rústico barro, de simples vidro e de cristal, umas com aspecto vulgar e outras caríssimas. Apenas disse aos jovens para se servirem à vontade. Quando já todos tinham uma chávena de chocolate quente na mão, disse-lhes:

 

– Reparem como todos procuraram escolher as chávenas mais bonitas e dispendiosas, deixando ficar as mais vulgares e baratas... Embora seja normal que cada um pretenda para si o melhor, é isso a origem dos vossos problemas e stress. A chávena por onde estais a beber não acrescenta nada à qualidade do chocolate quente. Na maioria dos casos é apenas uma chávena mais requintada e algumas nem deixam ver o que estais a beber. O que vós realmente queríeis era o chocolate quente, não a chávena; mas fostes conscientemente para as chávenas melhores...

 

Enquanto todos confirmavam, mais ou menos embaraçados, a observação do professor, este continuou:

 

– Considerai agora o seguinte: a vida é o chocolate quente; o dinheiro e a posição social são as chávenas. Estes são apenas meios de conter e servir a vida. A chávena que cada um possui não define nem altera a qualidade da vossa vida. Por vezes, ao concentrarmo-nos apenas na chávena acabamos por nem apreciar o chocolate quente. As pessoas mais felizes nem sempre têm o melhor de tudo, apenas sabem aproveitar ao máximo tudo o que têm. Vivei com simplicidade. Amai generosamente. Ajudai-vos uns aos outros com empenho. Falai com gentileza…

 
… e apreciai o vosso chocolate quente.

 

Beijokas e bom feriado..

Iz@

 

 

germinado por libel às 23:47
link do post | Semeia | favorito
|
28 comentários:
De rodrigando a 3 de Junho de 2010 às 01:40
Infelizmente é verdade.
Continuamos a preocupar-nos com o supérfluo e esquecemos tantas vezes o essencial.
Com o passar dos anos e a experiência da vida aprendemos a diferença mas, aí, às vezes já é tão tarde!
De libel a 4 de Junho de 2010 às 10:07
Olá Adélia,

É verdade amiga, levamos muito tempo a abrir os olhos, e quando o fazemos já uma vida passou, no entanto acredito que uma boa percentagem de pessoas consegue viver e apreciar cada minuto de suas vidas, mesmo que mais tarde, a pessoa deve agarrar essa oportunidade, viver o que não viveu e passar esses ensinamentos ou aprendizagens aos filhos ou netos, talvez o "tarde demais" ..seja um bom tema para conversa em família.

Beijokas
Um dia feliz...
De mafalda-momentos a 3 de Junho de 2010 às 01:48
Ah! Ah! Hoje estou de cadeirão e na primeira fila.
Sim que estes prazerzinhos da vida afinal também contam.
O chocolate é de primeira qualidade, diga-se em abono da verdade e... olha lá, como é que adivinhaste que me estava mesmo a apetecer?
Ó libel aí o professorzinho da história esqueceu-se de um pequeno pormenor... o bolinho para acompanhar o chocolate. NADA DISSO!!!! Que o chocolate já é doce e com calorias suficientes.
Olha se eu fosse uma aluna nesse convivio, acho que não teria feito má figura na escolha da chávena, pois muito delicadamente havia de recusar o chocolate, só por causa da engorda.

JÁ CHEGA DE BRINCADEIRA NÃO???!!!

É, tens toda a razão e eu entendo que o assunto é pra levar a sério.
Tu desculpa libelinha, foi puro exibicionismo, só por estar na primeira fila.
Só que isso não é relevante, tal como não era relevante a qualidade ou beleza da chávena em que foi servido um chocolate de excelente qualidade.
Ensina-nos que o importante é o conteúdo e não o invólucro. Travamos tantas vezes uma luta danada para podermos ter qualquer coisa para ostentar deixando passar ao lado coisas bem mais apetecíveis e esquecemos de ser felizes.
E depois do que acabei de ler, este teu post bateu mesmo certo.
Ora façam-me o favor de serem felizes todos.
E a ti... já te disse que gosto muito de ti?
Pois é verdade podes crer!

Amanhã feriadinho... sabe bem não sabe?
Beijokas
De libel a 4 de Junho de 2010 às 12:06
Olá Mafalda,

Tenho a certeza que para ti essa chávena não era de todo importante, bem como para mim, pois nesta vida o que se faz de melhor é apreciar esse tal chocolate com todas as calorias que ele nos oferece. A chávena é apenas um objecto, o chocolate é a nossa vida, aquela que escolhemos e na qual prevalecem os valores e príncipios que defendemos e nos quais acreditamos ser essenciais para viver em harmonia e cativar as pessoas.

Já te tinha dito hoje que gosto muito de ti??

Beijokas amiga......uma flor para uma linda flor...

De GiGi a 3 de Junho de 2010 às 03:28
Acho que já conhecia essa historinha.
É bom quando se tem bens materiais, sendo que grande parte dos nossos problemas seriam resolvidos se tivéssemos um pouco mais de dinheiro. Entretanto, sou contra uma coisa: reclamação. E isso a história pode nos mostrar que o tempo que os alunos perderam falando de seus problemas e insatisfações, no caso o stress, poderiam estar rindo uns com os outros e saboreando o delicioso chocolate quente feito com tanto carinho pelo professor.
É isso aí, gostei! :-))

Beijinhos!
De libel a 4 de Junho de 2010 às 13:41
Olá Gigi,

Eu também conheço essa história, não dessa forma literária e que serve de reflexão, mas porque a abraço na vida real, felizmente consigo apreciar esse chocolate quente e deixar de lado a qualidade das chávenas.
Concordo contigo que é bom sentirmo-nos confortáveis com os bens materiais que vamos conquistando pela vida fora, afinal nada se faz sem dinheiro, mas tu sabes que no geral nos acomodamos ao conforto e nos encostamos à posição social, deixando de viver e fazer parte tanta coisa boa.
Quanto à última parte que referiste, a tal que gostaste...fez-me refletir sobre a seguinte frase:

"Sofremos tanto com o pouco que nos falta e gozamos tão pouco o muito que temos"

Um Beijinho :):)
De severino a 3 de Junho de 2010 às 11:39


Que a falsidade vistosa da embalagem, supera o valor do conteúdo , parece-me uma evidência núa e crua que só por distrcção não será reconhecida.
Aí estão os especialistas em marketing a abrirem muitos dos caminhos,que fácilmente nos despistam nos valores de uma sociedade sã.
Quem não conhece no seu meio, figuras de "vida oca"
em que o seu carro top gama e alguma roupa de marca são todo o património que ostentam ?
Vivemos numa sociedade consumista, em que os valores morais, foram ultrapassados pelas falsas aparências e que suponho a nada de bom nos vão conduzir.
De libel a 4 de Junho de 2010 às 12:41
Olá Severino,
Bem vindo ao meu cantinho, espero que se sinta aqui tão bem, como eu no prazer em recebê-lo!!.

De modo geral, penso que as pessoas estão em crise ética e essa crise tem reflexos nos comportamentos morais. É importante conhecer a diferença entre estes dois conceitos: Moral como um conjunto de deveres derivados da necessidade de respeitar as pessoas, nos seus direitos e na sua dignidade. Ética uma reflexão sobre a felicidade e sua busca, a procura de viver uma vida significativa, uma “vida boa”.
Se conseguirmos perceber o quão importantes são estes conceitos no quotidino, conseguimos chegar ao bom senso, logo aí se destaca a sabedoria e a razoabilidade para que as nossas escolhas se manifestem num prazer de vivências aproveitando assim o melhor do chocolate quente!!..

Agradeço a visita..
Beijinho
De MARIA a 3 de Junho de 2010 às 11:44
Bom dia Libel.

Gostei da história,
até porque chocolate quente ou frio é delicioso, eu amo e não quero saber das calorias..HÁHÁHÁH E MESMO BOM

Sabe bem falar do que nos preocupa, e aprender com histórias e seus Prof. nunca é demais, estamos sempre a aprender.
Que bom que é termos quem nos escute.

:))Beijossssssssssssssssssssss
De libel a 4 de Junho de 2010 às 14:14
VIVA MARIA!!...

Eu também estou de acordo contigo, o chocolate tanto se bebe frio como quente, sendo que, no meu caso prefiro que seja bem quente....ahahhahha...

Não é bem falar do que nos preocupa, mas sim um alerta para o que se pode estar a perder. A qualidade da nossa vida, e os sentimentos que nos cercam por vezes deixam tanto a desejar, que nunca é demais focar aspectos que possam melhorar um pouquinho!!..

E tens razão amiga, é bom ter quem nos escute, é bom sinal, indica que não estamos sós nas partilhas e desejos de uma vida melhor!!..pelo menos quem nos cerca, nos apoia e cativa!!..

Beijokas fabulásticas...



De Paulo a 3 de Junho de 2010 às 14:23
Olá Libel ^_^

Boa lição de "conteúdos" tu aqui partilhas. Aproveitar o máximo da vida era logo à noite irmos todos ter com a Manu áquela esplanada em Óbidos, ia todo o pessoal do "Intervalo para Café", contariamos detalhes da vida em cómicas tiradas, desvalorizariamos coisas menos conseguidas e davamos o devido valor ao que haviamos conseguido, brindes à saúde e a um futuro risonho, com ginginha ou moscatel, com baileys ou com coktails, interessava era estreitar laços de cumplicidade, dançariamos só para sentir maravilhosas melodias, vibrariamos por emoções sinceras ... quando o orvalho chegasse em brisa fresca nocturna ... beberiamos um chocolate quente preparado pela Libel ... sim, porque feito por ti era alegria certa, tens sempre uns pozinhos pirimpimpim que alegram a companhia LOL

beijinho doce e amigo
De Paulo a 3 de Junho de 2010 às 14:56
Permite-me retribuir um pouco por esta história, Libel, nem sei porque o faço, apenas segui uma intuição que sim (apaga-a se estiver a mais):

O SABOR DO SAL

Um dia o velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal num copo d’água e bebesse.
- Qual é o gosto? – perguntou o Mestre.
- Ruim – disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e fossem a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e quando chegaram o jovem lançou o sal no lago.
Então o velho Mestre disse:
- Bebe um pouco dessa água. Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! disse o rapaz.
- Sentes o gosto do sal? perguntou o Mestre.
- Não disse o jovem.
O Mestre então, sentou-se ao lado do jovem, pegou nas suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando sentires dor, a única coisa que deves fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a tua volta. É dar mais valor ao que tens, do que ao que perdeste. Em outras palavras: É deixar de Ser copo para tornar-se um Lago!
De libel a 4 de Junho de 2010 às 16:37
Paulo, vê lá se percebi, é desta forma que encaro a vida, achas que preciso de mais SAL, ou de um lago maior??..

Faço parte da vida daqueles que tem amigos, pois ter amigos é ser Feliz.

Faço parte da vida daqueles que vivem cercados por pessoas como tu, pois viver assim é ser Feliz!
Faço parte da vida daqueles que acreditam que ontem é passado, amanhã é futuro e hoje é uma dádiva, por isso chamado presente.
Faço parte da vida daqueles que acreditam na força do Amor, que acreditam que para uma história bonita não há ponto final.

Eu sou casada sabias? Sou casada com o Tempo.
Ah! O meu marido é lindo! Ele é responsável pela resolução de todos os problemas.
Ele reconstrói corações, ele cura machucados, ele vence a Tristeza...

Juntos, eu e o Tempo tivemos três filhos: a Amizade, a Sabedoria, e o Amor.
A Amizade é a filha mais velha, uma menina linda, sincera, alegre. A Amizade brilha como o sol, une
pessoas, pretende nunca ferir, sempre consolar.

A do meio é a Sabedoria, culta, íntegra, sempre foi mais apegada ao Pai, o Tempo. A Sabedoria e o Tempo andam sempre juntos!

O caçula é o Amor. Ah! como esse me dá trabalho! É teimoso, às vezes só quer morar em um lugar...
Eu vivo dizendo: Amor, tu foste feito para morar em dois corações, não em apenas um. O Amor é complexo, mas é lindo, muito lindo! Quando ele começa a fazer estragos eu chamo logo o pai dele, o
Tempo, e aí o Tempo sai fechando todas as feridas que o Amor abriu!

Uma pessoa muito importante me ensinou uma coisa: Tudo no final sempre dá certo, se ainda, não deu, é porque não chegou o final. Por isso, acredito sempre na minha família. Acredito no Tempo, na Amizade, na Sabedoria e, principalmente no Amor.


Beijokas e bom fim de semana..
Amigo do coração..
De Paulo a 4 de Junho de 2010 às 16:57
Libelinha, tu és a Senhora do Lago, o sal pouco efeito faz em ti!

Adorei o teu comentáro ... oh rapariga! Fez-me bem à alma ler esta prosa por ti dedicada ... entrei em meditação ... acho que é do tempo nublado!

Beijinhos e bom fim de semana



meditação: maneira masculina de dizer: estou emocionado.
De Existe um Olhar a 3 de Junho de 2010 às 19:11
Uff...até que enfim, acabaram as rimas...hora de chocolate quente...não importa a chávena, mas tenho-as aqui de muitas cores e tamanhos, umas mais velhas outras por estrear...pego numa ao calha e brindo a ti, aos meus amigos, á vida, não interessa onde, pode ser num palácio ou num casebre, pode ser no mais chic salão, ou á lareira de uma casa humilde, mas hoje quero beber um chocolate bem quente aqui no teu cantinho.
Mais importante que Ter é Ser..
Ser feliz
Ser alegre
Ser humilde
Ser sincera
Ser eu e apenas eu

Obrigada pela partilha amiga
Bjinhos
Manu
De libel a 6 de Junho de 2010 às 15:24
Manu, as rimas nunca acabam, elas fazem parte da minha essência, são expontâneas e abraçam a minha alegria de viver.
Mas tens razão, está na hora do chocolate quente, temos que aproveitar um pouco de tudo, e quando estamos em boa companhia os sabores se intensificam, deixando sempre um gostinho especial.
As chávenas, essas apenas ajudam a manter o chocolate mais ou menos quente, e por isso escolho sempre as mais robustas, podem até ser as mais feias, com algumas lascas de tão velhas, mas são aquelas onde encontro mais história e mais prazer em saborear o conteúdo.

Aqui poderia dizer que: Mais importante que SER é Ter amigos como tu...

Beijokas amiga
De Cris a 3 de Junho de 2010 às 22:34
"O essencial é invisível aos olhos"!! Já o dizia o nosso querido "principezinho"!!

Muito bonito!! E fiquei com água na boca - apetece-me um desses chocolates quentinhos!!

Beijinhos
De libel a 6 de Junho de 2010 às 15:41
É verdade Cris, esse "principezinho" é um super dotado, conseguiu descobrir o segredo do que é realmente importante na vida.

É uma das obras que mais adoro, pois nos mostra uma profunda mudança de valores, ensina como nos equivocamos na avaliação das coisas e das pessoas que nos rodeiam e como esses julgamentos nos levam à solidão. Nós nos entregamos a nossas preocupações diárias, nos tornamos adultos de forma definitiva e esquecemos a criança que fomos.

Existe uma frase que não me sai da cabeça: "Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que fez tua rosa tão importante."

Somos nós que fazemos as nossas escolhas, bem como, somos nós que lhes damos sentido e que as fazemos resultar, tudo depende do valor que atribuímos e do tempo que lhes dedicamos, o "essencial" é invisivel aos olhos, mas não escapa ao coração.

Ora, sai um chocolate quentinho, não quero que te babes...ahahahhah...
Beijokas amiga...
De Genny a 4 de Junho de 2010 às 09:45
Bom dia Libel!
Não consigo comentar essa história, porque está tudo dito na história. Tudo!

xi- muito chocolatado
De libel a 6 de Junho de 2010 às 16:18
Olá Genny mai linda, percebo bem o que queres dizer, e digo-te mais, quando algo nos toca dessa maneira, não existem palavras para descrever, no entanto só esse teu gesto, mostrou a sinceridade e humildade com que abraças a tua vida!!..Adoro-te!!

-Agora deixa-te de tretas e diz-me lá qual a chávena que escolhias pá??..tenho mais que fazer...
-Ora...tanta pressa, eu não gosto de chocolate quente, prefiro que esfrie um pouco...
-Bahhh..chocolate frio, mas isso tem algum jeito, assim nem sequer sentes o aroma no ar..
-Mas eu não quero sentir o aroma no ar, eu quero é sentir o gostinho na boca...anda lá deixa-te de poesias e serve-me numa chávena qualquer...
- Pronto está bem, vou servir nesta que tem gravada esta frase: As estrelas sempre me fazem sorrir!!..
-Oh...é bem verdade..., não sei explicar, mas sempre que as olho, existe sempre uma que se destaca e para mim sorri também..
-Cof..cof...Sou eu...
-Estás com tosse??...És tu o quê??..
-Essa estrelinha que te sorri...
-Ahhahaah...hoje abusaste do chikolate pá...estás muito luminosa..
-..queres mais uma chávena??...
-Na...deixa estar, já começo a ver muitas estrelas...
-...

Beijokas Genny...Xi..estrelado...lolll...

Comentar post

*O meu olhar é nítido como um girassol, sinto-me nascida a qualquer momento, talvez por ser distraída demais, mas é bom sentir que cada vez parece sempre a primeira. Aqui todos os dias vão ser assim: UMA AGRADÁVEL SURPRESA!!

*pesquisar

 

*Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

*Plantações recentes

* Ri-te pa, ficas mais boni...

* receita da alegria

* "Cumplicidades" lingerie ...

* #Dia da Mulher#lingerie r...

* Cúcú...BOM ANO por aqui

* É sexta-feira. Yeehhh!!!

* É giro quando...

* Que tal, para o nosso jan...

* Prometo perder...

* Sem título que é melhor.....

* Encontros perfeitos...

* Amizade é fazer o bem...

* Momento da verdade V

* Encontros, amigos e alhei...

* Quem adivinha?

* E... se não houver amanhã...

* FELIZ DIA DA MULHER!

* Um dia vou escrever um li...

* Se a vida te der limões.....

* In love...in love ...in l...

*últimas colheitas

Oh pah. não vi. Já não vou a esse mail faz tempoma...
Como se fosse possível estares assim "acabada" com...
Pronto, estás contratada!!! Eu preciso de ti quare...
Galhofa! O meu nome do meio é Galhofa :PJá tinha s...
Ahahahah...és muito douda. Por enquanto rir só faz...

*Os amigos azuis!!

 

 Azul.. azul..azul..

Uma das mais belas cores do mundo.
Pode representar o céu, uma flor,

um fruto, o mar, um sorriso,

uma emoção, um sentimento...
Cheio de beleza e clareza!
Uma cor que nos faz sentir seguras,

a cor da imaginação.
Uma cor suave...

que nos tranquiliza ..

Azul..azul..azul...

É a cor da Amizade!!..

 

*Outras plantações

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Janeiro 2017

* Julho 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Março 2016

* Fevereiro 2016

* Janeiro 2016

* Dezembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Abril 2015

* Janeiro 2015

* Junho 2014

* Maio 2014

* Abril 2014

* Março 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Dezembro 2012

* Outubro 2012

* Agosto 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

*links

*Obrigado Sindarin

*É aqui neste...

Cantinho virtual
que escrevo os meus pensamentos.
É onde gravo o que sinto
o que me inspira, vejo e sonho.
É onde todos vocês podem escrever
comunicar, informar, apresentar,

partilhar, sorrir e brincar. 
E tu também tens o teu cantinho?
Aquele onde as palavras se soltam

como notas de música...no ar.

Onde os sabores são néctares

e se misturam em páginas virtuais.
Eu tenho.
É aqui mesmo.
Entra e descobre tudo o que tem
num simples..."CLIC"..

 

*Voltem sempre!

Remédio santo...

 

Adrenalina ao rubro...

 

Equilibrio perfeito...

 

      = Família feliz

*Posts mais germinados

*tags

* todas as tags

*Obrigado Daisy e Tiger

*Eu participo


Amigos de longe que

gostava de conhecer

Lis-Brasil

A minha fotografia

Julieta-Brasil

Wânia-Brasil

A minha fotografia

Amigos que já conheço

Paulo-Lisboa

Manu-Óbidos

Mafalda-Lisboa

Lovenox-Coimbra