Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010

UM DESAFIO à minha SINCERIDADE ...!!

 

"Para mim, as imagens têm música e contam histórias"

Esta retrata a força da natureza, ou seja uma força superior a nós, aquela que possuímos, mas que tantas vezes se prende nas grades.  

Foto retirada daqui, dos Olhares da Manu

 

Como todos sabem eu gosto de desafios, não só de desafiar, mas também, ser desafiada, acho que é algo que nos motiva e incentiva, algo que facilita a aprendizagem sobre nós próprios. Ser desafiado é como uma malagueta, ou quem preferir um toque de pimenta, em qualquer dos casos, o picante vem sempre ao de cima. É nele que nos centramos para atingir objectivos, metas, fins ou qualquer outro ponto de mira, cresce o  entusiasmo e tocam as campaínhas, ao ponto de desafiarmos todos os nossos sentidos nesse propósito!!... Gosto de usar a inteligência, também o sexto sentido, ler nas entrelinhas, participar, imaginar, gosto de ter vontade, de sentir prazer, de fazer o que gosto, de me entregar e de insistir, todas as vezes que forem precisas, até perceber que sou ou não capaz, que é isso que quero. Não me dou por vencida, perder também faz parte, não me sinto derrotada, pelo contrário, triunfada por tentar. Sei do quanto sou capaz em determinadas situações, mas não sei de tudo sobre mim, é esse o teste que me faço a mim própria, é esse o meu desafio diário, é essa a minha sinceridade, é nela que me apoio, é com ela que aprendo, que vivo e alimento os meus sentires, e foi com ela que consegui chegar até aqui e vencer o "III Desafio em Cadeia", não foi à primeira, não foi à segunda, a terceira foi de vez, o tema ajudou bastante, saíu com força, com intenção, com atitude, com alma e de coração, saíu com muita SINCERIDADE!!...

 

E aqui está....nunca o tinha postado, aproveito agora que o desafio está no ar com os "Sorrisos da Manu"...é a melhor altura para o fazer, são  palavras que me dizem muito, não consigo viver sem as duas, ou seja, ....uma sem a outra não faz sentido!!...

 

"SINCERIDADE"

 

 

"Vou ser sincera, apetecia-me vencer este desafio" ...
A vida é mesmo assim,  um desafio, passam dias, meses, até anos e todas as nossas capacidades são testadas nesta luta diária pelo lugarzinho ao sol, mas nada muda, continua tudo na mesma e porquê?...Simples, tu não fazes nada por isso, tu não dás o empurrão, tu não mexes um dedo, continuas enfiada nessa concha e não dás o grito da liberdade, não te dás a oportunidade de mudar. Os conceitos, os príncipios, até são bons, mas....será que acreditas neles?...Ou são apenas frases feitas, bonitas de se ler apenas nas entrelinhas. É bem verdade, que tu até te esforças para que os outros entendam que na sinceridade fica tudo mais fácil, e que entendam que se forem sinceros sempre os podes admirar por alguma coisa, mas e tu, tens apenas um vazio, um silêncio que te pesa no peito,  não falas, não reages, não gritas, não explodes.  Tens o dom e a magia da palavra, mas nem por isso dizes realmente o que sentes. Coragem, sabes o que isso é??..Independentemente das consequências...ela é a tua sinceridade, aquilo de que precisas para o teu corpo reagir, para que os teus pensares se manifestem, para que as tuas emoções transpareçam, para que os teus desejos se realizem, os teus sonhos se tornem realidade. Procura o teu "eu" e entrega-te de corpo e alma, só assim podes deixar de te fazer tantas perguntas sem respostas, só assim as tuas dúvidas passam a certezas, os teus receios passam a ser simples cuidados, a tua insegurança perde-se no espaço e ganhas confiança para viver sem estranhezas. 

 

...E quando digo "apetecia-me vencer este desafio" não é pelo desafio em cadeia, mas sim o desafio à minha sinceridade, o acreditar naquilo que penso e sinto, o desafiar da minha coragem para assumir os meus erros e aceitar as minhas fraquezas, mas também para receber a tranquilidade e a paz de espírito que me escorre por entre os dedos, encher o peito, soltar o ar e voltar a fazê-lo vezes sem conta até que possa sentir que comigo está tudo bem, à minha volta o ar não está impregnado de omissões, falsidade,  vergonha,  dúvidas,  medo, orgulho , esse ar é a minha fonte de vida e preciso dele limpo, puro e 100% sincero. Só assim conseguirei olhar para mim e dizer: Gostei dessa atitude, pelo menos foi sincera, aquele beijo,...não estava à espera..., eu sei,...mas apeteceu-me!!...Aquilo não foi bonito, ...Achas??...pois não, ....mas pelo menos reagi....percebem o que quero dizer??...

   

 

                                                   FIM

 

Parabéns Rosinda

Vencedora do VII Desafio em Cadeia

  SORRISOS

 

 

 

germinado por libel às 23:48
link do post | Semeia | ver sementes (27) | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

TU E ELE...SÃO COMO GIRASSOIS?!!?

Sabias que quando plantas um telémovel, nasce um girassol??

 

 

 

Consegues  viver sem ele??

És dependente dele?

Fazes tudo com ele?

Nunca te esqueces dele?

Estás sempre a pensar nele?

És viciada(o) nele?

Tudo gira em volta dele?

Sentes-te despido(a) sem ele?

 

Afinal qual é a tua relação com ele?

  

"Hoje sinto a saudade bater no meu peito…

Sinto-te tão perto e tu estás tão longe, ainda que faças parte da minha vida, hoje por descuido meu ficaste desligado de mim. Sinto a tua falta. Ouço a tua bateria fraquinha, os teus gemidos sufocantes, inertes, sem pingo de energia abafas os teus sentidos.  Imagino o teu sofrimento, sózinho, na escuridão debaixo da almofada, sem o calor da minha mão para te aquecer. Fecho os olhos e alcanço o teu desespero, queres falar e não podes, queres tocar e não tens forças, queres acordar, mas falta-te alimento. O silêncio venceu e agonizas nessa solidão. Queria sair daqui, voar ao teu encontro, dar-te carga e ouvir os teus acordes,  abrir a tua tampinha e partilhar cada momento cada instante contigo.…ver o brilho do teu visor, a cor das tuas teclas,  sentir a maciez da tua pele, o sopro das tuas cordas vocais, as ondas de frequência e a doçura do teu suspirar nos meus ouvidos, queria sentir  o calor do teu corpo encostado ao meu  e dançar com o som das tuas palavras.

Como é que pude ser tão insensível, tão egoísta, tão madrasta dos teus poderes, tão infiel às tuas demonstrações de carinho, tão ingrata com os teus toques, as tuas melodias, as tuas palavras e sinfonias."

 

Ohhh..que ingratidão...perdoa-me, não volta a acontecer, prometo que serás meu para sempre, és o sol dos meus dias quando me despertas pela manhã, a companhia perfeita nas viagens de comboio, o alerta para as datas especiais, o bálsamo para a minha auto estima, o correio dos meus amigos, o fio condutor que me liga ao exterior, as minhas purpurinas, oiço vozes, leio mensagens, escrevo poemas, brinco contigo, sonho e ganho bónus com a tua efìciência. Chega a noite, escura como breu,  dou voltas e mais voltas à procura de luz, e quem encontro?...TU...és sempre tu que me iluminas.

 

ANDA, VOLTA PARA MIM...RECEBE ESTA CARGA QUE TE DOU E MOSTRA-ME O  TEU SORRISO DE GIRASSOL ..!!...

 

 

ahahhahaahaahha......pensavas que estava a falar de QUIEM????...Ora, a minha relação com ele é completamente (in)dependente não repararam?? ..A sério, fico pasma com a dependência que estes aparelhos produzem nas pessoas, e como devo ser das poucas que lhe dá importância mínima (mesmo acreditando na sua utilidade e função),  não desfazendo qualquer opinião, ele não gere, não interfere, não altera, não dramatiza e não influencia o meu  ser, ou seja não giro à volta dele,  inclusive a maioria das vezes fica esquecido debaixo da almofada (lá nisso o gaijo é bom) acorda-me sempre a horas...(Grrrrrr...) ...senti curiosidade em relação à vossa In(dependência).

 

Queres partilhar um pouco a vossa relação??...lol...

trimmm...trimmmm...

Bolas!!...dá-me um minuto sim, tenho mesmo que atender!!..

Deve ser o outro....telemóvel..claro!!...tenho dois...ehehheeh..

(Acreditas nisto??)

ahahahha...agora baralhei-te.....??

 

 

Beijokas

Iz@

 

 

 

 

sinto-me: um girassol
germinado por libel às 13:13
link do post | Semeia | ver sementes (7) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

PACIÊNCIA É UMA CONCHA PRECIOSA!!..

PACIÊNCIA....Porque as conchas não nascem só porque queremos...

 

Foto retirada do Blog do Rolando "Entrefotos"

 

Quantos de nós já sentiram vontade de se fechar numa "concha" para não mais sentir emoções desnecessárias à nossa condição de humanos?
Tantas vezes isso já me aconteceu, mas por inúmeras vezes, a concha que "crio" à minha volta é facilmente
quebrada pela minha maneira de viver a vida: CarpeDiem e por ser muito extrovertida.
Sendo que me considero forte o suficiente para lutar contra certas emoções, certo é que muitas vezes são elas que nos "dominam" sem que o percebamos.
O que fazer quando isso acontece? Sinceramente não sei, porque simplesmente deixo "andar" para ver qual o resultado que delas provêm...e só depois então penso na sua solução.
Sei que, como humanos frágeis e sensíveis que somos, todos nós temos a nossa concha e embora umas sejam mais fortes e vistosas, outras há que são mais pequenas e escondidas...mas também há aquelas que estão escondidas mas são fortes o suficiente para que só com muita luta as consigamos quebrar.
Já vi conchas de todas as maneiras e feitios e talvez pela pessoa que sou, fui capaz de um modo ou de outro entrar facilmente numas, dificilmente noutras, mas acabei sempre por conhecer minimamente o interior de cada um o qual senti que tinha de conhecer.
Pareçe que nem sempre faz muito sentido o que escrevo, ou que não me expresso da melhor forma, mas pensem nas pessoas que voçês conhecem e que gostavam de conhecer melhor, no entanto existe algo  nessa pessoa que não vos deixa avançar para esse conhecimento...é de certeza uma "concha".
Para conhecerem alguém que tenha uma das conchas acima descritas, só vejo uma hipótese, ou seja, a melhor opção, um pequeno concelho : Sejam sinceros com a pessoa, mostrem os vossos desejos e sentimentos, e tenham paciência...muita, ...sim porque algures numa altura da nossa vida, fomos "obrigados" a construi-la para sobrevivermos.... e nada acontece por acaso.

 

 

Beijinhos

Iz@

 

sinto-me: uma concha aberta
germinado por libel às 12:21
link do post | Semeia | ver sementes (10) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009

EXISTEM COISAS....!!

Coisas pequenas e grandes,

...coisas que levaremos para o resto de nossas vidas.

 

 

Talvez sejam poucas, quem sabe sejam muitas, depende de cada um, depende da vida que cada um de nós levou.
Levaremos lembranças, coisas que sempre serão inesquecíveis para nós, coisas que nos marcarão, que mexerão com a nossa existência em algum instante.
Provavelmente iremos pela vida fora coleccionando essas coisas, colocando em ordem de grandeza cada detalhe que nos foi importante, cada momento que interferiu nos nossos dias, que deixou marcas, cada instante que foi cravado no nosso peito como uma tatuagem.
Marcas, isso, serão marcas, umas mais profundas, outras superficiais porém com algum significado também.
Serão detalhes que guardaremos dentro de nós e que se contarmos para outros talvez não tenham a menor importância pois só nós saberemos o quanto foi incrível vivê-los.
Poderá ser uma música, quem sabe um livro, talvez uma poesia, uma carta, um email, uma viagem, uma frase que alguém tenha nos dito num momento certo. Poderá ser um nascer de sol, um ramo de flores que se recebeu, um cartão de natal, uma palavra amiga num momento preciso.
Talvez venha a ser um sentimento que foi abandonado, uma desilusão, a perda de alguém querido, um certo encontro casual, um desencontro propositado.
Quem sabe uma amizade incomparável, um sonho que foi alcançado após muita luta, um que deixou de existir por puro fracasso. Pode ser simplesmente um instante, um olhar, um sorriso, um perfume, um beijo.
Para o resto de nossas vidas levaremos pessoas guardadas dentro de nós.
Umas porque nos dedicaram um carinho enorme, outras porque foram o essencial do nosso amor, ainda outras por terem nos magoado profundamente, quem sabe haverá algumas que deixarão marcas profundas por terem sido tão rápidas em nossas vidas e terem conseguido ainda assim plantar dentro de nós tanta coisa boa.
Lá na frente é que poderemos realmente saber a qualidade de vida que tivemos, a quantidade de marcas que conseguimos carregar connosco e a riqueza que cada uma delas guardou dentro de si.
Bem lá na frente é que poderemos avaliar do que exactamente foi feita a nossa vida, se de amor ou de rancor, se de alegrias ou tristezas, se de vitórias ou derrotas, se de ilusões ou realidades.

Penso sempre que hoje é só o começo de tudo, que se houver algo errado ainda está em tempo de ser mudado, e que, o resto de nossas vidas de certa forma ainda está em nossas mãos.
Uma garrafa meio vazia também é uma garrafa meio cheia. Mas, uma meia mentira nunca será uma meia verdade, será sempre uma mentira.

 

Beijinhos

Iz@

 

tags: ,
germinado por libel às 22:28
link do post | Semeia | ver sementes (4) | favorito
|
Sábado, 13 de Junho de 2009

Se tu fosses...!!

 

 

“Se eu fosse um anjo, seria do tipo travesso,
brincalhão, que vive para fazer surpresas e
transformar um dia comum em especial.
Se eu fosse um anjo, apostaria corrida com
as gaivotas, porque não há nada mais
gostoso do que ser abraçado,
mesmo que pelo vento“
 

Beijos

Iz@

sinto-me: melhorzinha
germinado por libel às 12:14
link do post | Semeia | ver sementes (4) | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

discurso... discurso...discurso!!

   Obrigado   Muito obrigadoAgradeço,obrigado

Já agradeci,podem parar  São muito amáveis,mas pf.PAREM!!

 

CHEGA DE PALMAS!!PRODUÇÃO BAIXE O CARTAZ P.F.!!

 

ahahhahhaahh..(sorrisos amarelos)..Uffaaaa..Bom dia a todos,  que recepção maravilhosa, que entusiasmo, é um previlégio estar aqui. Receber toda esta manifestação de palmas (lol) peço desculpa...de carinho, força,  ânimo, fico muito sensível. Estas demonstrações deixam-me sem palavras (glup..) raios, onde pus a cábula? Isto dos discursos não é bem aquilo que mais gosto de fazer, fico  tensa, sem jeito, dá-me brancas e varre-se tudo (puff..)  Nãooooo...produção, não é para varrer, era só uma maneira de falar!!..tirem lá estes assistentes musculados daqui. Afrontamentos agora não. Estou frita com isto!!

Já estou nervosa, já vejo coisas onde não existem, ou melhor existem mas não posso tocar, quer dizer posso tocar, mas não devo...(bahhhh). BLOQUEEIIIII. Bolas!!

 Ohhhh..nãoooo!!.Vou despachar isto.A sério.Afinal quem sou eu??...ahahhah..(risos) sou leiga nestas andanças, criei este blog faz um mês, gosto de me divertir, gosto de divertir os outros, podem me chamar de palhaça, engraçadinha, idiota, bobinha, mas no fundo, bem no fundo (continua a escavar, sim, mais um pouco   vai!!...ehehhe), ENCONTROU!!..BOA!! Lá no fundinho existe um tesouro chamado esperança, então é nela que deposito toda a minha força e energia positiva, volta e meia escavo mais um pouco e sempre trago mais uma dose (vício terrível) pôxa,  mas sabe tão bem!!..Sinto-me alegre, poderosa, confiante, vitoriosa, energética, ok!!..ás vezes tb dá uma pontinha de sono, mas isso é qd trocam a dose por genéricos, bahhhh..mas notas logo tásaver!!..

  Obrigado, (Grrrrr....qd isto acabar vou partir esses cartazes todos). Muito rápidamente, pois a conversa estica, quero agradecer as visitas (as minhas e do Pessoal) pois acho que são as únicas..eehheh...os comentários (meus e do pessoal) pois tb acho que são os vísiveis, e a todos os que passaram ao lado, os que tiveram receio de intervir, os que gostariam de ter dito alguma coisa, mas ...(ok..tásse), aos que ainda virão, aos que não virão nunca (risos), enfim a toda a blogosfera o meu Muito Obrigado, não sei como chegar a vós, se alguém me vê, mas vou continuar a escavar..."Sou uma  blogueira". Isto afinal até correu bem não acham??..Bjufas

 E agora vou indo, porque não guento mais ver estas mãos...PAREM!!!...ehehehhheeh...

 

Beijokas e Bom fim de Semana com muita animação

Iz@

 

sinto-me: espalmada
germinado por libel às 11:44
link do post | Semeia | ver sementes (5) | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Maio de 2009

Dança dos dias...!!

  Os dias deslizam, dançam, voam!...

 

 

A cada dia, mais um pedacinho no mosaico de nossas existências...
mais pinceladas coloridas na louca tela da vida...
mais movimentos espirais, cíclicos, musicais...
mais alguns fios entrelaçados, linhas cruzadas, tramas desfiadas...
mais algumas manchas, mais marcas, mais matizes...
outras cicatrizes, dores e cores...
novas esperanças, sonhos e amores...

Os dias deslizam, dançam, voam!...
e os anos somam-se e atordoam..por breves momentos apenas..
porque no dia seguinte a dança continua...
PARABÉNS menina, miúda, garota, mulher!!!
Os dias podem parecer sempre iguais, mas
os anos mostram a diferença, a única coisa que sei

é que sou sempre a mesma pessoa!!

 

Um dia Feliz...

 

sinto-me: a deslizar...
tags:
germinado por libel às 15:27
link do post | Semeia | favorito
|

*O meu olhar é nítido como um girassol, sinto-me nascida a qualquer momento, talvez por ser distraída demais, mas é bom sentir que cada vez parece sempre a primeira. Aqui todos os dias vão ser assim: UMA AGRADÁVEL SURPRESA!!

*pesquisar

 

*Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

*Plantações recentes

* UM DESAFIO à minha SINCER...

* TU E ELE...SÃO COMO GIRAS...

* PACIÊNCIA É UMA CONCHA PR...

* EXISTEM COISAS....!!

* Se tu fosses...!!

* discurso... discurso...di...

* Dança dos dias...!!

*últimas colheitas

Galhofa! O meu nome do meio é Galhofa :PJá tinha s...
Ahahahah...és muito douda. Por enquanto rir só faz...
Rir?Se rio hoje ainda me cai o osso do meio.Qual m...
Eh la, minha mana está cada dia mais "in" , ela at...
Não só tens um sentido de humor hilariante, como t...

*Os amigos azuis!!

 

 Azul.. azul..azul..

Uma das mais belas cores do mundo.
Pode representar o céu, uma flor,

um fruto, o mar, um sorriso,

uma emoção, um sentimento...
Cheio de beleza e clareza!
Uma cor que nos faz sentir seguras,

a cor da imaginação.
Uma cor suave...

que nos tranquiliza ..

Azul..azul..azul...

É a cor da Amizade!!..

 

*Outras plantações

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Janeiro 2017

* Julho 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Março 2016

* Fevereiro 2016

* Janeiro 2016

* Dezembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Abril 2015

* Janeiro 2015

* Junho 2014

* Maio 2014

* Abril 2014

* Março 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Dezembro 2012

* Outubro 2012

* Agosto 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

*links

*Obrigado Sindarin

*É aqui neste...

Cantinho virtual
que escrevo os meus pensamentos.
É onde gravo o que sinto
o que me inspira, vejo e sonho.
É onde todos vocês podem escrever
comunicar, informar, apresentar,

partilhar, sorrir e brincar. 
E tu também tens o teu cantinho?
Aquele onde as palavras se soltam

como notas de música...no ar.

Onde os sabores são néctares

e se misturam em páginas virtuais.
Eu tenho.
É aqui mesmo.
Entra e descobre tudo o que tem
num simples..."CLIC"..

 

*Voltem sempre!

Remédio santo...

 

Adrenalina ao rubro...

 

Equilibrio perfeito...

 

      = Família feliz

*Posts mais germinados

*tags

* todas as tags

*Obrigado Daisy e Tiger

*Eu participo


Amigos de longe que

gostava de conhecer

Lis-Brasil

A minha fotografia

Julieta-Brasil

Wânia-Brasil

A minha fotografia

Amigos que já conheço

Paulo-Lisboa

Manu-Óbidos

Mafalda-Lisboa

Lovenox-Coimbra