Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

08.08.19

Desafio dos 50

libel
Hoje recebi um desafio para fazer. Escrever numa folha de papel 50 nomes de pessoas que acrescentaram valor à minha vida. Parece ser um exercício difícil, mas não é. Desde o momento em que nascemos, muitas pessoas se cruzaram em nossa vida. Mas apenas algumas se destacam pelo contributo de nos fazer crescer e de nos inspirar a ser melhor pessoa todos os dias. Durante 50 dias, irei identificar uma e agradecer por me ter escolhido!  1. MÃE porque não estaria aqui a escrever sobre ti
13.11.18

Hoje a resposta é "SIM"...

libel
  ...de vez em quando temos que ser mais flexíveis.   Sim ou não. Eis a questão. Duas palavras tão pequenas mas com tão grande poder de decisão. Estas meninas, condicionam tudo e todos à nossa volta. São elas que definem prioridades, traçam objectivos, e constroem a história da nossa vida. As escolhas que fazemos têm sempre um dedo sim ou não.      E por isso, às vezes há necessidade de parar um pouco e pensar se realmente queremos dizer um NÃO, ou na verdade, podemos (...)
12.11.18

Bolo de Aniversário TOP!

libel
Este fim de semana tinha um desafio, fazer um bolo de aniversário para o meu sobrinho e mana. O bolo tinha que ser especial. E teria que ir ao encontro do gosto dos dois. Então andei por aí a pesquisar na net. Partilho convosco porque fui muito feliz nas escolhas que fiz. O bolo ficou delicioso. Todos gostaram e repetiram o que é raro. Caso tenham que fazer algum bolinho de aniversário nestes moldes, não percam mais tempo. Apostem neste e serão bem sucedidos.  Uma coisa é certa, (...)
09.11.18

Tô com Fé que vai dar Pé

libel
  Fé é algo que se entranha. Sem ela a vida fica mais difícil. Precisamos acreditar que coisas boas acontecem, que o céu é azul e apenas fica negro quando se veste a rigor para uma cerimónia mais formal. Que o mar faz festas à areia, deixando-a arrepiada, ao que ela responde: deixa-te de ondas. Que o branco é a cor da paz, mesmo que o algodão engane. Acreditar é sonhar acordado, é viver com esperança. Vamos regar o nosso caminho com fé, porque só assim ele vai dar pé!   
08.11.18

Catchupa à moda do Waty Barbosa

libel
  Catchupa d`terra 10a edição  Eu já provei, não uma, nem duas, mas várias vezes, e não me canso de recomendar. Não sou suspeita, a sério, believe me! Quem me conhece sabe que, tanto falo dos podres, como dos frescos. Sequer tenciono manipular paladares menos apurados. Mas uma coisa é certa, tenho pena se não provocar um tsunami de sensações gustativas ao ponto de babarem em cima do meu post. LOL. (...)
30.10.18

De nada adianta empurrar...

libel
            Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: - Não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue; outras (...)
30.10.18

Chegado o frio...

libel
                                                                               apetece escrever...   Talvez porque a imagem dos pingos de chuva na janela, a lareira a crepitar, as castanhas a estalar sobre brasas quentes, e uma boa chávena de café, não me saia da cabeça! Também há quem prefira um copo de vinho. Eu gosto dos dois. Na verdade, o vinho gosto de partilhar. Já quando escrevo, sabe-me bem algo quente. O cheiro do café tem o poder (...)
31.10.17

O caldinho abacadabra

libel
  Preparados para provar o meu caldinho de pernas de rã, asas de gafanhoto, olhos de osga, rabo de javali, óleo de sapo e pelos de rato?     Será que me esqueci de algum ingrediente?   O que sugerem?   Desafio: O ingrediente mais macabro ganha uma deliciosa sobremesa. Lambuzem-se!      Feliz Halloween      
11.10.17

A vida no campo é...

libel
  Bom, dizem as línguas, que o próximo encontro de bloggers já anda a ser conspirado. Já?? Eu não sou perdida nem achada nesta coisa das línguas. Até porque delas percebo pouco. Tenho pena, devia saber mais. Principalmente da língua de vaca, dizem que é boa. Blhaccc. Estavam a pensar noutras línguas? Claro, as estrangeiras. Essas eu domino bem, aliás quem tem boca vai a Roma, e com gestos a coisa corre benzinho. Já me desviei. Mas uma coisa é certa. Com ou sem língua, EU VOU!