Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

24.08.09

CASAL/BLOG COMO FUNCIONA??..


libel

 

Noivinhos para bolo de casamento

Ainda gostava de perceber esta coisa dos blogs, é bem possível que vá para aqui dizer uma série de idiotices, mas mesmo assim, vou avançar, pois afinal também tenho um e sinto-me bem. Digo o que quero, falo sobre o que me apetece, comento outros, brinco, aprendo imensas coisas, não só a nível de informática, bem como nos tantos assuntos que se abordam. Uma coisa puxa a outra e a cultura geral fica a ganhar,  é um círculo vicioso, tipo um novelo de lã,  o fio começa a desenrolar e ....ás tantas estamos tão embrenhados neste sistema, que toda a informação com que nos deparamos é novidade. Seja numa postagem, seja num comentário (no meu caso) saio sempre enriquecedora, pois atingo muito fácilmente o grau de interesse e vasculho até ao ponto de ter que defenir limites.  É claro que faço tudo isso com aquela veia humorística, pois este blog foi criado justamente para me dar alento e não preocupações, no entanto educação e respeito não dispenso. Aceito qualquer comentário,  favorável ou não, bem como também os faço de igual forma, consoante os temas abordados. A exposição demasiada ou não cabe-nos a nós, daí a capacidade de encaixe e tolerância serem predominantes para  um bom entendimento.  Atitude positiva e boas relações é tudo o que preciso. Confusões, ironias, invejas ou lavajem de roupa suja dispenso na hora.

Desvio-me do assunto com uma facilidade incrível, não sei se é defeito , se os pensamentos têm  asas , mas... o que realmente queria abordar neste post tem a ver com a faixa etária dos bloguistas (poderei chamar assim) . Reparo que a maioria se insere nos “intas” e “entas”  e pergunto-me?...Será a idade problemática?

-Aquela em que se dá a crise dos 7 ou 12 anos de casamento?

-Aquela em que para trabalhar já somos considerados velhos?

-Aquela em que já fizemos de tudo um pouco e apenas queremos fujir á rotina?

-Aquela em que os filhos já estão crescidos e de companhia resta-nos o gato?

-Aquela em que sentimos uma maior maturidade para abordar diversos assuntos?

- Aquela em que as experiências já contam e sentimos necessidade de as partilhar?

- Aquela em que precisamos de desanuviar para não entorpecer?  

-Aquela em que o cansaço se faz sentir e o comodismo instala-se?

-Aquela em que precisamos de espaço ou de momentos só nossos?

-Ou ainda, aquela  em que o gosto pela leitura e escrita recai sobre nós, ofuscando outras actividades menos interessantes?

As razões  poderão ser imensas. No meu caso, baseada apenas na minha experiência de vida e em factos verídicos de que sou protagonista, 12 anos de casamento, traição, divórcio ,  assunto mais que banal, mas complicado para quem passa por ele. Neste momento situação mais que ultrapassada, já lá vão 4 anos, tempo mais que suficiente para arrumar gavetas e limpar o pó. Ressentimentos não, ódios..não, raiva...não, desilusão...sim, vai ficar sempre!!.. porque foi o último sentimento que experimentei. No entanto as recordações boas também estão presentes.

 

Não posso dizer que este blog seja um escape, um remédio santo para atenuar algo, um depósito de carências, um desanuviar de crises, uma descompressão de stress, um alivio de emoções. Porque estaria a mentir , o certo é que deixo de fazer muita coisa para estar aqui, mas como gozo da possibilidade de estar sózinha de 15 em 15 dias, periodos curtos, mas de sossego e obrigações menos forçadas, faço batota e passo por cima. Faço-o porque me dá prazer, porque adoro escrever, adoro ler, adoro brincar, adoro rir, adoro chegar aqui e ter mensagens, adoro escrever outras tantas, adoro criar, inovar, diversificar, adoro trocar ideias, adoro conhecer pessoas, sei lá....adoro miminhos, adoro mimar...tudo faz parte, e para mim este blog é assim como  um livrinho de encantar, onde a cada dia que entro mais uma estrelinha brilha,.....e um céu estrelado é tudo quanto preciso para me sentir bem comigo mesma e com os que me rodeiam.

Agora a pergunta chave!!....A tal parte que me deixa a pensar sobre os blogs. As tais faixas etárias, idades problemáticas ..etc...etc...., pode não ter nada a ver, no entanto fico com uma certa curiosidade. Não se trata de coscuvelhice, mas interesse apenas na questão em si, por achar pertinente. Numa grande parte dos blogs, sejam eles de mulheres ou de homens,  as postagens são relatos diários do dia a dia no seio familiar, e quando digo seio familiar, inglobo a mulher, o marido e os filhos, ou seja trata-se de uma família completa certo??..Ou então, tratando-se apenas do casal. Queria focar mesmo a relação casal/blog.  Então...por conseguinte, acho fantástico o facto de poderem ter o espaçinho deles, desanuviarem com umas anedotas ou brincadeiras,  relatarem factos ou episódios vividos,  expor  dúvidas, questões, enfim... dar asas á imaginação ao criarem algo que os preenche e lhes dá prazer (totalmente de acordo) , afinal este mundo virtual é de todos, não impõe limites nem define estados civis.   

A questão, ou questões são estas:  

- Será que os dois (casal) usufruem do mesmo gosto pela escrita, e cada um tem o seu blog? No qual escrevem e comentam onde lhes apetece?

- Será que apenas um se dedica a este mundo virtual e o outro sequer tem conhecimento da  sua existência?

- Ou ainda, como é  visto o blog pelo “outro”?...de forma positiva, negativa ou simplesmente desinteressada?

- Ou ainda, ter um blog implica tempo!!.. Essa gestão de “tempo”  interfere na vida familiar?

- Os temas ou assuntos abordados no blog, são especialmente escolhidos e retratados de forma cuidada para não originarem problemas familiares?   

-Existe apenas um blog, com acesso e participação diária do casal?

- Ou o blog é um espaço único, criativo em que a liberdade de expressão se estende, sem preocupações ou sensações de impotência, se assim não fosse não fazia sentido?

 

Beijokas e uma excelente semana

Iz@

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.