Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

01.07.10

CRUZAMENTOS ESTRANHOS...


libel

 

História do Homem e da Mulher

 

 

No princípio, o céu e a terra estavam juntos. Não havia nem nuvens, nem trovoadas, nem chuva, nem noites, nem dias. A Cobra Grande reinava nas profundezas das águas e os bichos temiam-na e respeitavam-na. O Sol e a Lua pairavam na junção entre o céu e a terra. Eles eram marido e mulher. Viviam sempre juntinhos, abraçados e os seus brilhos afugentavam qualquer escuridão eternamente. O tempo não podia ser medido, por isso não se sabe por quanto tempo durou aquilo tudo.
Um dia a Lua pediu ao Sol um filho. O Sol disse que não, temendo perder as atenções da sua amada. A Lua começou a entristecer-se aos poucos e a chorar lágrimas amargas que aos poucos a foram tornando fria, fria. A Cobra da Água soube das desgraças da Lua, consolou-a e brincou com ela às escondidas. Das brincadeiras da Cobra da Água com a Lua resultou uma gravidez que pôs o Sol muito furioso. A Lua teve que pedir protecção à Cobra de Água até que nasceram dois seres muito estranhos. Eles não eram parecidos com qualquer outro bicho até ali existente no reino da Cobra da Água: eram o homem e a mulher. A Lua deixou-os sobre protecção da Cobra da Água e regressou para junto do Sol. O homem e a mulher começaram a dizimar os outros bichos. Uns para comer, outros por prazer. Todos os seres vivos juntaram-se e insistiram junto da Cobra Grande para que expulsasse o homem e a mulher da água. A cobra construiu uma almadia (jangada feita de tronco de árvores) bem grande e nela colocou o homem e a mulher. Foi assim que o homem e a mulher foram expulsos das águas donde vieram e nasceram.

 

O resto da história é contada por todos nós, todos os dias mais um mosaico, mais uma pincelada, mais Cobras, novas Luas, "brincadeiras" diferentes, outras tão iguais,  mas uma coisa é certa: continuamos a ser dois seres muito estranhos...., não achas??

 

 

 O Sol e a Lua era uma lenda bonita...

 

Beijokas

Iz@

  

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    libel

    02.07.10

    Olá Paulo,

    Por vezes deparamo-nos com situações tão bizarras, atitudes tão rídiculas, gestos e palavras centrados apenas no próprio umbigo, falta de sensibilidade, Amor e Compreensão que nos questionamos: PORQUÊ??...
    Então a solução é procurar razões que expliquem certos comportamentos estranhos, daí o inicio da criação ser talvez um caminho para entender de que massa somos feitos, qual o cruzamento que originou dois seres tão estranhos e complicados, a resposta pode não ser aquela que queremos ouvir, mas pelo menos ajuda a compreender tantas diferenças.

    Beijokas amigo com muita canela...ehehheeh...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.