Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

31.01.12

A VIDA É BELA...POIS...


libel

 

 

Acabei de receber um "Refúgio a Dois", aqueles presentes que tiram anos de cima, a quem não sabe o que dar, não sejas insolente. Embora, quando os felizardos são um casal, seja fixe, pelo menos é motivo mais que suficiente para discutirem enquanto escolhem o destino, que peste. Neste caso, foi mais um presente a granel, tipo presente de Natal para melhores clientes. Podem chamar-me pobre e mal agradecida, mas sinceramente preferia uma massagem, ao menos o momento era a "dois" eu e o massagista.

 

Ora, porque a bem dizer, isto dos "dois" é complicado, se fossem "três", o pano de fundo mudava, em vez de romântico, o destino teria que ser mais radical.  Mas "dois" é coisa que não existe no meu quarto, ou melhor, ...a minha filha conta?...

 

Pois, a Vida é bela, mas não me deixa qualquer alternativa, vou ter mesmo que pôr um anúncio. Ficar a remoer nisto não vai adiantar e a varinha mágica há muito que deixou de funcionar. O meu príncipe encantado ficou preso numa masmorra, nesta altura virou pó, atchimmm..., a promessa ficou-se pelo ar poeirento...e a história ... Era uma vez, ...o dia estava lindo, ...e não foram felizes para sempre. Terminou.

Não acreditem nela, é tudo treta..., ela cortou-o aos bocadinhos..shiuuu...{#emotions_dlg.brasas}

 

Muito bem, troco um "Refúgio a Dois" por uma massagem com pétalas de rosas, óleos perfumados e chikolate... 

ou quem sabe, não custa nada tentar, afinal quem não arrisca não petisca...

algum solitário quer aproveitar a excelente oportunidade de me acompanhar, prometo que....

 

não ronco...

               não peido...

                              não arroto 

                                             (em locais públicos){#emotions_dlg.lol}

 

 

(Pssst...notinha rápida: o pacote não inclui jantar, shiuuuu...)

...ok ...ok ..Ok...

Aceitam-se sugestões de locais interessantes para Refúgios a "Um",

...conhecem alguma coisa{#emotions_dlg.unknown}

 

 

 

 

 

5 comentários

  • Imagem de perfil

    primaverao

    01.02.12


    Imaginativa esta Libel- Em vez de "não peido ", podias dizer "não me abro" ! Há uns tempos, numa foto, dei-me conta que tinhas "um bicho a subir pelo rego acima" ! A exclamação de alguém terá sido que alguém se tinha peidado , quando podia ir no mesmo sentido, ou seja, "alguém se abriu" . Nota, este teu jeito jogralesco de falar, em jargão, a mim, provoca-me ondas e assaltos de poderosas imaginações ! O outro jeito, de que se encontra eivada a tua prosa, límpida, sóbria, que reunida dava um dos melhores florilégios, desperta-me um enorme sentimento de elegância que colocas em tudo quanto escreves.
    Um beijo, cachopa descomplexada e linda!
  • Imagem de perfil

    libel

    02.02.12

    É pá primaverao, assim nem é quente nem é frio, vê lá se te decides, senão fico na dúvida em que posição devo pôr o termostato para que te sintas na tua estação. Não quero que te falte nada, muito menos a tua identidade.

    Bom, mas enquanto pensas, não te abras ainda, aguenta os gases, temos que combinar uma coisa, eu de memória sou um zero, e quando se trata de bichos a subir pelo rego acima, menos ainda, dá-me assim uma branca total. Agradeço o lembrete, mas zero, assim como a coca-cola zero, népia. Deu pra entendê?...tens que ser mais absorvente, tipo renova, sabias que ganhou um prémio por distinção de papel higiénico mais vendido e exportado.
    Pois,
    outra coisa é o criolo, porque raio escreves em criolo?...não percebi nadica, aquela parte dos jotas foi brilhante, mas bolas, não é a minha praia, talvez por isso as ondas de que falas te subam à moleirinha e te assaltem o sotão cheio de aranhas, desculpa o jogralesco, mas a mim estas coisas de não saber quem escreve provocam-me ondas de jarvilhões (sabes o que é, pois...eu tb não, já que nestamos na onda dos "j", temos que inovar).

    Quanto á elegância, gostei, quem não gosta de um elogio, só tenho pena que seja de um estranho, mas...para a próxima acredito que te vais abrir, e todos os cheirinhos vão vir ao de cima, certo??..

    Adeus,chavalo ou chavala bem disposto(a)!!
  • Imagem de perfil

    primaverao

    02.02.12


    Libelzinha!

    Quem, supostamente atiradiço, se entreter a pensar de que és uma mulher fácil de obter, engana-se- Se, porém, me apaixonei por ti, foi por mor do teu estilo e a ele me encontro rendido, que não a ti, que, de certeza, se o quisesses, não te faltariam alfobres de nabos e rabanetes!

    Vamos àquilo: é literatura da melhor aquela que cultivas na tua antologia. Pedia-te que me enviasses um poema, da tua lavra, que deves ter-
    Manda, que te iria surpreender!
    Aqui, lá fora, estão cinco negativos. A ventania ensaiou agora o seu bailado nocturno. Este zurzir do pinheiral em frente, mexe comigo. Podes agora enviar-me um poema?
    Une bise!
  • Imagem de perfil

    libel

    03.02.12

    Nabos e rabanetes, tu queres mesmo provocar-me uma onda de gases. Sinceramente, não me sinto seduzida por esses vegetais, são muito ínsipidos, preferia uns bons tomates, umas cenouras, ou beringelas, ou courgettes, isso sim faz as minhas delícias...., numa sopinha quentinha.


    Mas vamos lá àquilo: um poema da minha lavra.
    Faço-te a vontade porque estão 5 graus negativos, sempre é uma forma de aquecer os deditos e os pensamentos, dizem que o frio é psicológico. Se estivessem 6 graus, terias que penar...eheheh...

    Deixa-me snifar aqui a minha dose de coca, a inspiração é imediata...sniffffff....aqui vai!!

    "Eras tu naquele retrato, amarelado pelo tempo, numa primavera de sonhos, estavas sorrindo,
    teus olhos brilhavam, tua boca denunciava
    felicidade, aquele primeiro beijo,
    tão esperado, tão sem jeito, tão a medo,
    que sensações te provocou, ainda perguntei
    não sei a resposta, nunca soube, nem vou saber
    eras demasiado fugaz,
    Um primaverao cheio de vida e de sonhos
    que um dia entrou noutra estação
    Num Inverno frio e distante
    e abandonou meu coração."
    By Libel Maria

    Gostastiiii?..queres mais?..
    10 pinos, 20 flexões e 50 agachamentos , quero-te em forma ...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.