Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

20.03.12

O DESAFIO DA JOANA...!!


libel

 

All together now

 

 9...8...7...6...5...4...3...2...1...ZERO

 

Finish, podem largar o telefone, acabou o tempo para ligarem para o número que deixei, vamos aguardar a chegada do envelope para saber quem é a felizarda que arrebatou a palavrinha amiga. Muito bem, cá está ele, vou abrir...

agora é a parte do suspense, tenho o cartão na mão, já vi o nome da pessoa, e faço aquele sorriso atrevido, passam alguns segundos que parecem uma eternidade e...temos uma vencedora, de seu nome MARIA.

[24629_000dap4w.gif] 

...tenho o prazer de anunciar menina MARIA, que acabaste de ganhar a palavrinha amiga,

"FOSTE APANHADA"

...és uma das contempladas para o próximo DESAFIO. Não é fixe??..{#emotions_dlg.sarcastic}

 

E prontos, depois de encontrada uma vítima (ainda faltam 10), vamos dar inicio à sessão de perguntas, relativamente ao desafio que me foi lançado e que vou responder o mais seriamente possível. A primeira ronda, foi minuciosamente planeada pela Joaninha, do blog "A minha Janela", e dita assim:

 

"As perguntas que tenho para os meus ilustres contemplados são:"
 
1 – Praticas, ou praticaste, alguma actividade zen, como por exemplo, Yoga, Reiki, Feng Shui, Terapia Multidimensional, Xamanismo ou Constelações Familiares? Qual?
Resposta: Essas não. Mas experimentei o Chop Suey  de vaca e a Galinha com amêndoas. Muito bom.
2 – Acreditas na reencarnação?
Resposta: Nunca pensei muito nisso, mas se o guito reencarnasse era bom. Quando o gasto, moleu, não volta mais.
3 – Inscrevias o teu filho num atelier de meditação para crianças? Porquê?
Resposta: Já estão inscritos, em casa. Não ouvem nada do que lhes digo, estão sempre a meditar. 
4 – Que cor não consegues vestir? Porquê?
Resposta: Laranja. Porque não gosto de ser espremida nos transportes públicos.
5 – Passado ou futuro?
Resposta: Presente. É um aparelho que filtra tudo. Espectacular.  
6 – Consegues ter diariamente 5 minutos só para ti?
Resposta: Ainda consigo ter alguma privacidade no duche diário.
7 – Diz 3 actividades que gostavas de fazer quando eras criança?
Resposta: Roubar azeitonas ao merceeiro, puxar as tranças à minha prima, jogar ao mata.
8 – Qual o melhor presente que te poderiam oferecer?
Resposta: Como sorrisos recebo todos os dias, felizmente. Podia ser um carro novo, bom..., pode ser usado, mas recente.
9 – Tens facilidade em te desfazer da roupa quando deixas de a usar?
Resposta: Faz muito que adotei o desapego nessas coisas. Dou sempre a quem precisa.
10 – Quando é que tens vontade de fugir?
Resposta: Neste momento. Ainda faltam três rondas de perguntas.
11 – O que te impede de seres feliz?
Resposta: Nada. Eu sou a Felicidade. Muito prazer.
 
E,  chegamos ao fim desta ronda, o balanço foi positivo. Iremos fazer mais um pikeno intervalo, aproveitem para visitar o salão de lavabos da "Palomina", ela hoje tem os repuxos giratórios a funcionar. Tenho a certeza que as descargas serão de todo agradáveis. As pipocas da "Raiozinho" estão a apitar, devem estar prontas. Salgadas ou doces, é só escolher o formato e sabor desejado. As bubidas "andam às voltas", mas não tardam estão por aí.  
 
Ah..., e hoje para encontrarmos mais um(a) felizardo(a) à palavrinha amiga, temos um mega concurso em estreia aqui neste cantinho, "ganha num minuto", é verdade, podes mesmo ganhar num minuto, basta para isso que sejas rápido(a) e....acertes no que te proponho, bora lá tentar...
 
Tens apenas um minuto para procurar o blog que hoje tem postado um incrível e delicioso  BOLO DE LARANJA, faz parte dos meus links onde gosto de semear.  O desafio começa agora em ....3...2....1....
 
M__ __ __ ___Y. PARABÉNS. 
 
Até jáaaaaaa... {#emotions_dlg.blink}

 

 

 

7 comentários

  • Imagem de perfil

    libel

    20.03.12

    Este Cunha,
    Ah, grande Cunha, se tivesses laranjas no teu pomar, fazia-te um bolinho macio e perfumado para agradecer a gentileza do teu comentário. São citrinos cheios de propriedades, vitaminas e proteínas, que dão um suminho excelente e ainda fazem crescer o cabelo sabias??..
    Ah..pois é, eu não sabia, mas a seguir à banana, o fruto mais procurado pelo homem é a laranja, agora percebo porquê...ehehhehe...

    Bom, mas vou seguir o teu conselho, largar o salpicão e vou até à Gardunha ver os cerejais em flor. Para além do espectáculo bonito, podemos sempre beber uma ginginha, Alinhas?..

    Até já...

  • Sem imagem de perfil

    Cunha

    20.03.12


    Há para cima de meia centena de qualidades de cerejas. Ultimamente, a UBI , em aturados ensaios laboratoriais, na Faculdade de Medicina, havia de chegar à conclusão que a cereja "de saco", uma linda e suculenta variedade, dispõe de propriedades anti-cancerígenas ! Tenho-as lá na quinta!

    Devemos aproveitar a época própria da fruta para nos degustarmos em plenitude! Quem gosta de fruta, desde que esteja no seu pleno estado de colheita, tem longa vida e vive feliz!

    Isabelinha, a Gardunha é um manancial. As aldeis ali penduradas pelos vales ou no altor das suas encostas viradas ao sol, ao perto e nos longes de Alcongosta , Aldeia de Joanes , Fundão, Donas e Valverde e Alcaide, e mais além, nas cercanias, constituem os maiores pomares da Cova da Beira e do País-

    Não te vou dizer para mandarem os paios e os salpicões de Chaves às estevas, mas sempre te recomendaria que não alinhes muito nos cadáveres!

    A tua silhueta, esguia e olímpica, casada com o teu sorriso, merecem tratamento genuíno da Natureza.

    Que felicidade teres-me consentido entrar no teu Blog, um dos mais belos e excitantes que tenho visto!
    Beijos, na primeira noite de Primavera!
  • Imagem de perfil

    libel

    22.03.12

    E não só Cunha, faz pouco tempo comprei numa loja que gosto muito a "Natura", um saquinho de caroços de cereja, que me aquecem os pézinhos de noite, e que proporcionam um excelente bem estar. Diz também que são óptimos para acalmar dores abdominais, lombares, cervicais, menstruais, musculares, entorses e tendinites. Basta aquecer durante 3 minutinhos no microondas, tem um efeito térmico confortável e relaxante, e permite um aquecimento corporal muito agradável.

    O que eu aprendo contigo, já viste, eu sim, devo estar agradecida por me visitares, porque em cada "aparição" ganho conhecimentos, ficando um pouco mais rica. Continua por aqui, a Primavera chegou, este cantinho precisa de alguns cuidados para se manter genuíno. Tratas disso?...Os girassois agradecem. E os malmequeres já estão a sorrir.

    Até já!!...
  • Sem imagem de perfil

    cunha

    22.03.12


    No fundo, é um estendal de maleitas que podem ser atalhadas com a infusão dos pés de cereja! Não te dizia? Mas aquela miasma, da infusão, dizem ser boa a quem de nada sofre... Vá lá um valdevino acatar as sugestões do boticário! Como quer que seja, o chá, de pés de cerejeira, deixa-nos num estado de sublime quietude e meditação- O nosso espírito precisa daquilo. E de avonde!

    Também eu aprendi contigo e anotei o acervo de curas que se podem alcançar, como se de indulgências se tratasse.

    A giesta e a carqueja estão agora a abrir! Alinhas num chá desta última?

    Fiquei alevantado do meu astral, por mor da tua querida resposta-
    Podes crer que te admiro. E muito mais!
  • Imagem de perfil

    libel

    23.03.12

    Cunha, é bom trocar estas impressões contigo, utilizas termos novos para mim, isso é bom, porque como sou curiosa, procuro o seu significado, ao mesmo tempo vou ficando a conhecer um pouco mais de ti.
    Exemplo, comecemos por Valdevino, que significa, amigo audacioso. "Possui uma lucidez incomum, especialmente no que se refere a julgar o mundo e as pessoas. Sempre abre a boca para dizer a coisa certa. O problema é que não vive com os pés no chão, e desliga sua atenção com uma rapidez incrível. Às vezes isso dá a impressão de não estar nem ai para o que acontece à sua volta. Liberdade, é uma coisa muito importante para ele, e por esta razão prefere resolver sozinho seus problemas sem pedir ajuda ou conselhos a quem quer que seja. Não gosta nem de dar nem de receber ordens. E precisa aprender a controlar a teimosia."

    Cunha encontrei muita informação, mas para já esta definição é o bastante para perceber que és um pouco parecido comigo, talvez por isso nos tenhamos cruzado. Inspiras confiança e isso é o bastante para apreciar as tuas visitas.

    Alinho nesse chá, claro!!...Mais ainda depois de espreitar suas qualidades, bem como os benefícios que traz, nomeadamente ao aparelho digestivo, fígado, reumatismo e circulação.
    Para além de ser a mais recente descoberta para perder calorias, tem tudo de bom!!...

    Vamos lá..., já cheira...
  • Sem imagem de perfil

    cunha

    24.03.12



    Caminhamos, lentamente, para as seis da manhã! Manhã calma, sem uma brisa sequer. Moro ao fundo da primeira montanha da Serra da Estrela! A ribeira da Goldra , que vem lá de cima, corre ali mais abaixo, por entre os numerosos pavilhões da UBI , de que me encontro cercado. Vivo entre os montes. O Zêzere corre lá mais abaixo. Para lá do Fundão, afunila-se, corre entre gargantas até chegar a Constância, onde viveu Camões.
    Amo esta minha geografia, malgré tout ! Os olhos, sabes, precisam de comer e os meus horizontes estreitam-se por mor da Estrela, da Gardunha, da Malcata! Sonhamos, pois, demasiado, que o pensamento, esse, voa por cima de todos os relevos que me separam de ti. Não te admires, pois, de eu sentir pelo mar um sortilégio que me arrasa de inesquecíveis lembranças e nostalgias. Esse mar salgado que nos fez grandes e nos tornou pequenos!Mas hélas , havemos de voltar a ser grandes!

    Na minha casa da Costa, tenho o Tejo todo aos meus pés. E, do alto da varanda, vejo Lisboa inteira, a perder de vista. Ponho-me a contar barcos e veleiros, traineiras e lanchas do Alfeite!, quando ali vou. É ali que recordo uma querida amiga, que tu conheces bem, de que nunca mais me esquecerei. Linda como tu, escreve ternuras no seu blog. De inteligência rara, de sensibilidade comovente! Sabes lá! Por que nos cruzámos?

    Voltemos aos montes ! Hoje, vai ser dia de tractor, nas lavras da horta que há-de produzir lindo mogango , tomate do melhor, pimento saboroso, beringela de cor linda, melão e melancia que só esta região e a da Ladoeiro sabem produzir, e tudo o mais que a Terra nos dá. As cerejeiras adiantarm três semanas... que Deus as abençôe e as proteja das chuvas que hão-de vir.
    Para o mês que vem, vou à Brasileira abraçar alguns amigos e encontrar-me na Estrela com outros, que fiz, enquanto militar enfermeiro naquele hospital!

    Achas que um dia te poderei convidar para um almoço, só de lindo peixe, algures, nas margens do Rio!

    Já me estou a preparar para viajar até à Capinha, engatar a freza e cavalgar no quatro rodas a abrir regos e a rasgar a terra! On doit savoir faire un peu de tout !
    [Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

    <BR><BR>Caminhamos, lentamente, para as seis da manhã! Manhã calma, sem uma brisa sequer. Moro ao fundo da primeira montanha da Serra da Estrela! A ribeira da Goldra , que vem lá de cima, corre ali mais abaixo, por entre os numerosos pavilhões da UBI , de que me encontro cercado. Vivo entre os montes. O Zêzere corre lá mais abaixo. Para lá do Fundão, afunila-se, corre entre gargantas até chegar a Constância, onde viveu Camões.<BR>Amo esta minha geografia, malgré tout ! Os olhos, sabes, precisam de comer e os meus horizontes estreitam-se por mor da Estrela, da Gardunha, da Malcata! Sonhamos, pois, demasiado, que o pensamento, esse, voa por cima de todos os relevos que me separam de ti. Não te admires, pois, de eu sentir pelo mar um sortilégio que me arrasa de inesquecíveis lembranças e nostalgias. Esse mar salgado que nos fez grandes e nos tornou pequenos!Mas hélas , havemos de voltar a ser grandes!<BR><BR>Na minha casa da Costa, tenho o Tejo todo aos meus pés. E, do alto da varanda, vejo Lisboa inteira, a perder de vista. Ponho-me a contar barcos e veleiros, traineiras e lanchas do Alfeite!, quando ali vou. É ali que recordo uma querida amiga, que tu conheces bem, de que nunca mais me esquecerei. Linda como tu, escreve ternuras no seu blog. De inteligência rara, de sensibilidade comovente! Sabes lá! Por que nos cruzámos?<BR><BR>Voltemos aos montes ! Hoje, vai ser dia de tractor, nas lavras da horta que há-de produzir lindo mogango , tomate do melhor, pimento saboroso, beringela de cor linda, melão e melancia que só esta região e a da Ladoeiro sabem produzir, e tudo o mais que a Terra nos dá. As cerejeiras adiantarm três semanas... que Deus as abençôe e as proteja das chuvas que hão-de vir.<BR>Para o mês que vem, vou à Brasileira abraçar alguns amigos e encontrar-me na Estrela com outros, que fiz, enquanto militar enfermeiro naquele hospital!<BR><BR>Achas que um dia te poderei convidar para um almoço, só de lindo peixe, algures, nas margens do Rio!<BR><BR>Já me estou a preparar para viajar até à Capinha, engatar a freza e cavalgar no quatro rodas a abrir regos e a rasgar a terra! On doit savoir faire un peu de tout !<BR class=incorrect name="incorrect" <a>Je</A> t'embrasse !
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.