Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

O meu cantinho

Semeia um pensamento e colherás um desejo, semeia um desejo e colherás a acção, semeia a acção e colherás um hábito, semeia o hábito e colherás o carácter...queres continuar...

04.04.13

Lá querer eu tb queria...(e ainda QUERO).


libel

 

 Eu quero um amor sem ajustes...

 


Que sirva direitinho, sem sobrar nem faltar espaço. Que fique justo no corpo, com encaixe perfeito. Que me faça sentir linda só por tê-lo. Quero um amor delicado. Quase infantil. De passear de mãos dadas. De borboletas no estômago. Quero um amor cuidadoso. Que pegue no colo. Que saiba dar colo. E pedir. Quero um amor com sorrisos. De admiração e orgulho. De divertimento. Quero um amor desengonçado. Atrapalhado. Bobo. Do tipo que dá vontade de apertar as bochechas. Quero um amor com aconchego. Que me ofereça o ombro, o abraço. E dê beijos sem que eu precise pedir. Quero um amor tagarela. Que saiba conversar. Que me encha de elogios espontâneos. Que diga o que sente. Quero um amor com romance. Não precisa ser meloso. Mas deve ter rompantes de mimosura de tempos em tempos. Quero um amor sincero. Que tente resolver as coisas. Que não fuja. Ou que fuja, mas dê aviso prévio. Quero um amor companheiro. Que vá comigo a Paris. Ao mercado. E a todos os programas de índio. Quero um amor amigo. Que me entenda. Me desvende. Me desfrute. Que aproveite a minha companhia. E adore. Quero um amor simples. Honesto. E digno.

 

MAS ..., se calhar estou a ser muito pedinchas não{#emotions_dlg.unknown}

 

aceitam-se boas sujestões...

 

Beijinhos{#emotions_dlg.kiss}

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    libel

    07.04.13

    No teu baú...ahahhahhha...
    deixa-me rir...
    bem podia morrer virgem...
    estás a falar do teu baú imaginário né, aquela caixinha velha e gasta pelo tempo, com cheiro a nafetalina, aquele que escondes no sótão da tua cabecinha, que abres com uma chave de algodão doce, que fechas com cadeado em pó..., que se desfaz quando acordas e que ....

    ahhhhhhh....esquece!!...

    vou ver se consigo dormir...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.